A arte da reinvenção

A Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) completa 70 anos neste dia 25 de maio. Em sete décadas, a entidade ajudou a indústria a crescer, inovar e se atualizar. “Estado da arte” foi o conceito que definimos para marcar os 70 anos, associando a modernidade de nosso parque fabril com o trabalho dos artistas, já que transformar matéria-prima em produto para o consumidor é uma arte. Para nós, a oitava arte.

Veio a pandemia e com ela, provavelmente, a maior inflexão histórica pela qual passamos nestas sete décadas. Transformações tecnológicas e comportamentais que já estavam em curso ganharam velocidade. Inovações que ainda geravam alguma resistência se consolidaram da noite para o dia.

Pela primeira vez, os eventos que celebram o aniversário da federação serão totalmente digitais. A tradicional solenidade agendada para o dia 29 de maio será uma live. Não menos importante, pois contará com o secretário do ministério da Economia, Bruno Bianco, e com o maestro João Carlos Martins; mas diferente.

Não se sabe ainda como será exatamente a nova ordem mundial que surgirá após a crise. Mas a Fiesc já tem propostas para preparar a indústria e o estado para este novo momento.

O projeto Travessia está em fase final de elaboração e apresenta quatro frentes: reinvenção da indústria e da economia, investimento em infraestrutura, atração de capital e pacto institucional, numa iniciativa inspirada no New Deal, que reergueu a economia norte-americana nos anos 1930, e em estudos de consultorias internacionais. A garra e o otimismo dos industriais catarinenses, mais uma vez, serão decisivos na etapa que se inicia.

Muita coisa mudou desde que, sob a liderança de Celso Ramos, sete sindicatos industriais fundaram a Fiesc, em 1950. Mas a essência que nos move, especialmente em tempos de pandemia, segue mais atual do que nunca: por meio do associativismo, é possível promover a união e a solidariedade para fazer frente às questões comuns a todos. A Federação das Indústrias participará ativamente da arte de reinventar a indústria catarinense e reafirma seu compromisso com o setor e com Santa Catarina.

Mais Opiniões Artigos

Artigo

A prisão do jornalista Oswaldo Eustáquio é a coisa mais bizarra e autoritária desde a famigerada “redemocratização”. Seu […]

Artigo

Muitos catarinenses culpam a política pelos problemas pelos quais passamos. Isto não é verdade absoluta porque a política […]

Artigo

O governo do Estado publicou decreto que regulamenta as medidas de isolamento contra a pandemia do coronavírus. Segundo […]

Artigo

O Brasil é nossa casa. E esta casa está com o telhado avariado. Não pensamos em consertá-lo, a […]

Artigo

A construção de estruturas econômicas nas mais diversas nações sempre contou com intervenções estatais, como bem destacou o […]