A educação financeira

Pesquisa realizada em abril pela Fecomércio/SC revela que o nível de endividamento das famílias manteve-se num patamar muito elevado em 2019, ficando na casa dos 55% para as que recebem até 10 salários mínimos e 55,9% para rendimento familiar superior a isso. Para solucionar este problema é pre­ciso colocar em prática algumas téc­nicas de educação financeira no dia a dia do orçamento familiar.

Primeiro elenque todas as dívidas, colocando para serem quitadas pri­meiro aquelas que possuam taxas de juros e multas mais altas (ex: cartão de crédito, cheque especial). O ob­jetivo é trocá-las por dívidas mais baratas.

Outra dica importante é pesquisar na hora de tomar o crédito. Assim como para adquirir bens e serviços efetuamos pesquisas, no mercado financeiro não é diferente. Existem diversas empresas que trabalham com concessão de crédito e que pos­suem condições distintas de preço e valores finais.

Em geral a população não possui co­nhecimento em relação à diferen­ça, por exemplo, de taxa de juros, IOF, taxa de administração e tari­fas. Deve-se ter cuidado principal com os empréstimos “fáceis”, como os contratados pela internet, caixa eletrônico, cheque especial e car­tão de credito, que acabam cobran­do juros que chegam até a 475% ao ano. Portanto, organizar as finanças e ser educado financeiramente não tem relação com não possuir dívi­das, mas sim em aprender a gastar melhor o seu dinheiro, elencando o seu orçamento na seguinte ordem de prioridade: quanto ganho, quais meus sonhos (curto, médio e lon­go prazos) e quais minhas despesas (padrão de vida).

Feito isto procure verificar seu or­çamento ao menos uma vez por se­mana, assim você começará a basear suas decisões de consumo na res­posta à seguinte pergunta: o quanto esta aquisição me aproxima ou me afasta dos meus sonhos?

Então, mãos à obra! Os seus so­nhos e a sua saúde financeira me­recem todo esforço necessário para a sua prosperidade e da sua família. E lembre-se: informar-se e buscar conhecimento lhe trará muitos be­nefícios em curto prazo além de tor­nar sua vida ainda mais equilibrada. Ter disciplina é ter liberdade! Pense nisso!

Mais Opiniões Artigos

Artigo

Doenças não esperam horário comercial para se manifestar. Apendicites, colecistites, in­fartos, graves acidentes acontecem também à noite, em […]

Artigo

Sim, as doenças reumatológicas também acometem crianças e adolescentes. Frequentemen­te, os pediatras atendem pacien­tes com sintomas destas patolo­gias. […]

Artigo

O abuso sexual na infância ainda é um assunto tratado como tabu dentro dos lares. Poucos querem falar […]

Artigo

Três ciclistas morreram atro­pelados na BR-101 na Grande Florianópolis em menos de 24h em maio. Dois deles usavam […]

Artigo

Na instalação da Fren­te Parlamentar Mista da Primeira Infância, da qual faço parte, relatei uma ex­periência que foi […]

Artigo

Recentemente, o Instituto Da­tafolha divulgou pesquisa indicando que, na visão de 90% das brasileiras e brasileiros, a violência […]