Apoio à retomada do turismo catarinense

A crise do novo coronavírus tem causado impactos ainda incalculáveis para a economia catarinense. Os pequenos negócios dos setores de turismo e gastronomia, que foram duramente atingidos com as medidas de isolamento social, são alguns dos mais impactados. O segmento de eventos também amarga prejuízos.

Após o início da pandemia no Brasil, uma pesquisa realizada pela Santur, no fim do primeiro semestre, mostrou as consequências negativas que ela trouxe para o setor no Estado, algumas das quais irreversíveis, como demissões e o fechamento de negócios.

De acordo com o levantamento, 76% dos empresários registraram redução total no volume de clientes atendidos, e 20% deles notaram redução acima de 50%. Com isso, 75% das empresas tiveram uma redução total de faturamento médio mensal, e 25% registram queda superior a 50% no faturamento. A mesma pesquisa mostrou que 29% dos entrevistados reduziram de 25% a 50% o seu quadro de funcionários, e 23% demitiram todos os empregados.

Esses dados são uma amostra do impacto negativo da crise para o turismo catarinense. Para amenizar esse cenário e preparar as pequenas empresas para uma retomada econômica, o Sebrae/SC vem trabalhando com ações para incentivar a cultura empreendedora e profissionalizar a gestão dos pequenos negócios do setor.

Além disso, a instituição tem trabalhado para garantir a inserção econômica de empreendedores na cadeia produtiva do turismo – principalmente agricultores familiares, aquicultores e artesãos, alguns dos quais estão em destinos turísticos consolidados, mas não são beneficiados diretamente pelo segmento.

O “Projeto Retoma SC – Turismo e Gastronomia” está sendo executado em duas vertentes: qualificação e diversificação da oferta turística. Esse projeto integra a iniciativa Travessia, que reúne programas de instituições de Santa Catarina e que tem o objetivo de auxiliar os empreendedores catarinenses neste difícil momento.

Com iniciativas como essas, realizadas em parceria com diversas entidades, o Sebrae/SC reforça a sua missão: garantir apoio aos pequenos negócios para que eles se fortaleçam e sejam mais competitivos. Essa união de esforços e investimentos amplia a atuação do Sebrae junto aos pequenos negócios, contribuindo também para o desenvolvimento socioeconômico catarinense.

+

Artigos