Avanços na medicina radiológica

O alemão Wilhem Conrad Röntgen foi o primeiro laureado com um Nobel de Física. O reconhecimento veio pelo fato de ele ser o responsável pela descoberta do raio-X, feita no dia 8 de novembro de 1895, e pela demonstração, realizada semanas depois, da possibilidade de utilizar os raios então pouco conhecidos para fazer “fotografias” de estruturas internas do corpo – basicamente identificando ossos e tecidos moles. Estudos como o de Röntgen e de outros pesquisadores que o sucederam deram origem a uma especialidade médica que muitos pacientes desconhecem – e que outros tantos não compreendem perfeitamente: a radiologia. Os avanços na medicina radiológica foram exponenciais nas últimas décadas. Esse é um fato inegável. E isso diz respeito não apenas aos especialistas na área – mas a profissionais de saúde das mais variadas áreas e, principalmente, a pacientes. Os avanços garantem mais conforto ao paciente, com procedimentos mais rápidos e menos invasivos, e segurança – além de maior nível de detalhamento e precisão nas imagens. Resultado: hoje simplesmente não é concebível imaginar o trabalho médico em diversas especialidades sem o suporte e o apoio de exames complexos que incluem ultrassonografia, tomografia, ressonância magnética, mamografia, entre outros. No dia 8 de novembro, quando é comemorado o Dia do Médico Radiologista, pensar sobre o papel desse profissional é uma reflexão importante a se fazer. O médico radiologista precisa ter conhecimento completo da anatomia, das doenças e da história do paciente. Só assim ele pode apoiar o clínico, o cirurgião, o ginecologista no diagnóstico de patologias e na indicação de tratamentos e condutas para cada paciente. Mesmo longe dos olhos dos pacientes, esse médico tem um papel cada dia mais importante na prática clínica e desempenha com respeito e responsabilidade sua vocação.

Mais Opiniões Artigos

Artigo

Lentamente, com avanços pontuais, o ambiente de negócios vai melhorando no Brasil. A reforma da Previdência foi, finalmente, […]

Artigo

Tramita na Assembleia Legislativa de Santa Catarina a PEC 2/2019, de autoria do deputado Milton Hobus, que pretende […]

Artigo

“Me vê 2 quilos de peixe, por favor”. “Gostaria de um forno elétrico”. “Poderia me ajudar a escolher […]