Desafios para o setor catarinense de tecnologia em 2020

O ano de 2020 foi um dos mais desafiadores dos últimos tempos, em que a pandemia de Covid-19 nos fez mudar a forma como nos relacionamos em todas as esferas de nossas vidas.

Em meio a isso, assumi a presidência da Acate, com o desafio de continuar projetos e implementar pilares novos – como integrar os polos e intensificar relações governamentais, com o objetivo de ampliar cada vez mais o trabalho liderado pela entidade no ecossistema de tecnologia e inovação do estado.

No início da pandemia, conseguimos estruturar ações e colaborar com as empresas do setor, impactando mais de 16 mil pessoas e mostrando que a organização do ecossistema e a resiliência das empresas foram fundamentais para atravessarmos esse período difícil.

A Acate colaborou para o momento com uma agenda de webinars, discutindo assuntos de grande relevância, e realizando mentorias com empreendedores. Outra ação importante foi o Fundo Garantidor Acate, que auxiliou 31 empresas com garantia de crédito,  liberando mais de R$ 3,7 milhões em 2020.

Com as mudanças impostas e a rápida adaptação a uma nova realidade, muitas empresas de tecnologia conseguiram crescer em 10 meses o que em um período normal levaria anos.

Em Santa Catarina, vimos startups criarem tecnologias para ajudarem na digitalização dos negócios, na prevenção e combate ao coronavírus e, agora, na campanha de vacinação, em que diversas iniciativas trazem soluções para o armazenamento, gestão e logística de  distribuição da vacina.

O último ano também encerrou com uma boa notícia para o ecossistema: a retomada dos empregos perdidos na pandemia. Segundo dados do Caged, o setor encerrou o ano com saldo positivo de admissões, com cerca 25 mil colaboradores contratados e o volume de contratações voltou a se situar próximo a três mil novos postos no ano.

Para 2021, a expectativa é otimista: além da vacinação da população e retomada da economia, a aprovação do Marco Legal das Startups viabilizará inovação e segurança para investimentos.

A Acate está apoiando investimentos com a criação do fundo de R$100 milhões em venture capital da Invisto, para que mais capital chegue para as empresas. Neste ano, mesmo com os desafios, continuaremos juntos, cooperando para o desenvolvimento do nosso ecossistema e da melhoria da sociedade como um todo.

+

Artigos

Artigo

Sabido e ressabido que “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou ...