Florianópolis: A dádiva de aqui viver

Florianópolis fez aniversário neste dia 23 de março outonal, terça-feira, de um sol acanhado que espiava por trás de nuvens enxovalhadas. Tal qual um grande mata-borrão as nuvens secavam as lágrimas que, teimavam lavar a face, de tristeza e saudade dos amigos que partiram deixando-nos órfãos da sua amizade e de seu saber.

Porém, aquele sol tímido rompeu as nuvens e brilhou absoluto no céu já vestido de azul. O amarelo fulgente do astro rei dourou a terra morena fecunda do amor incondicional de sua gente. Pensei cá comigo: é o sol da esperança. Bendito seja!

Celebramos um aniversário sem festa, sem bolo, sem fogos de artifício. Este é o aniversário da esperança de dias melhores ante o feio retrato que a pandemia desenha há um ano. Temos muita história para contar e muito mais para realizar. São 348 anos, de pura magia cósmica, a envolver moradores e visitantes num jogo de eterna sedução.

Cidade muito amada pelos que aqui vivem ou pelos que chegam e não querem mais sair, enlaçados por seus samburás. Povo hospitaleiro, com seu linguajar cantado, ligeiro e sutil ironia, uma ginga toda sua de ser e estar, de viver e partilhar sabedoria guardada nas entranhas do mar, na intimidade de casas solarengas no antigo centro da Velha Desterro e salvaguardada na memória coletiva.

Florianópolis uma das quinze metrópoles do Brasil, tem muito a oferecer e oferece… A começar pela reconhecida excelência da qualidade de vida de sua população, estimada em 508.000 pessoas.

Basta dar espiada nos seus dados de IDH que analisa a longevidade, a renda, a educação, a saúde, entre outros, cujo índice é de 0,847; no índice IDGM/2021 e os fatores desafiantes da gestão municipal. De acordo com o ranking da Endeavor e ENAP, dos 100 maiores municípios brasileiros, Florianópolis ocupa o 2° lugar entre as melhores cidades para empreender.

No ICE/2020, a capital dos catarinenses lidera em Inovação e Capital Humano e no IQM foi considerada a melhor cidade no setor de serviços, com mais de 4.000 empreendimentos instalados, representando 14% do PIB da capital, destacando-se como polo de inovação e tecnologia. Viver aqui e pensar no futuro da cidade e no nosso é a maior dádiva que recebemos a cada raiar de um novo dia.

Afinal, diz a bela mensagem de aniversário da PMF: “enquanto houver sol, lua, chuva, vento, mar, lagoa, ainda haverá magia, ainda haverá Floripa”. Parabéns, Florianópolis!

+

Artigos