O papel dos dados abertos na pandemia

Nesta última década o conceito de dados abertos ganhou espaço nos debates sobre governança no Brasil, e muito se tem discutido sobre a importância de que dados estejam disponíveis para a sociedade. Existem duas razões principais para defendermos essa ideia, a primeira é que os dados disponibilizados podem ser usados como fonte para pesquisas científicas e a segunda é que esses dados ajudam imprensa e população a fiscalizar as instituições.

E é claro que órgãos como o Ciasc tem um papel importante. Contamos com profissionais competentes, processos estabelecidos e a tecnologia necessária para o armazenamento de grande quantidade de dados.

Muitos dos dados do governo já se encontravam dentro da nossa estrutura antes da pandemia, e nesse momento de crise temos trabalhado para conectar dados de outras plataformas: secretarias, prefeituras, serviços privados de saúde, SUS. Esse trabalho tem sido realizado de forma intersetorial com secretarias como a SEA, a Secom e a SES, com a CGE e com a Social Good Brasil (SGB), e graças a isso o governo de Santa Catarina tem acesso a informações diversas e complexas, todas num mesmo local.

Segurança também é um pré requisito para o sucesso de dados abertos, é primordial garantir que eles estejam anonimizados antes de serem acessados pela comunidade de cientistas e estudantes.

Para essa anonimização foi feito um trabalho detalhado entre os especialistas em dados do Ciasc e a vigilância epidemiológica, com validações de universidades e da SGB para garantir que nenhum dado possa ser rastreado à sua origem. Graças a esse trabalho os dados não podem ser utilizados para rastrear as pessoas que foram contaminadas, garantindo a proteção da privacidade dos cidadãos.

Ficamos muito orgulhosos em saber que o trabalho do núcleo intersetorial levou Santa Catarina a atingir a 3ª melhor pontuação no ranking de transparência da OKBR, com 95 pontos de 100. Vamos continuar trabalhando nisso pois sabemos que garantir a abertura desses dados é empoderar com conhecimento nossos pesquisadores, jornalistas, e a população catarinense como um todo.

+

Artigos

Artigo

Sabido e ressabido que “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou ...