Oeste e Santa Catarina pedem socorro

Constata-se, mas nunca dizem, o descaso de políticos e governadores que passaram pelo confortável Palácio em Florianópolis, e pela ilha da fantasia em Brasilia, que fingem que ajudaram o Oeste e SC, aliás, nem para lembrar que SC existe no Brasil.

O catarinense elegeu e “mandou para uma ´zona de conforto´, com altos salários, e altas mordomias as custas das gotas de suor do povo, uma gama de senadores, deputados estaduais e federais e um excesso patológico de vereadores, além de prefeitos(as) e um governador que a cada quatro anos só pensa em se preparar para ser candidato a algum mandato milionário em Brasília.

A política catarinense é desconhecida para o país por causa, sim, dos valores também inexpressivos das representatividades do passado ou aqueles descendentes das oligarquias que continuam mandando e gerando asseclas para introduzi-los em mandatos ou cargos de confiança nos governos municipais, estadual e federal que lá fingem que fazem.

Se duvidam, fora o valor do empresariado particular, mostrem ou provem relevância política ou projetos? Existem exceções que se destacam hoje, mas continuam chuleando um mandato futuro melhor.

O Oeste de SC, e outras regiões, existem vários projetos nascidos nas imortais Acaresc, Acarpesc, Empasc e agroindústrias, que por culpa do estado e de políticos populistas muitos projetos não tiveram o destaque merecido, exceção na agropecuária exemplar do Estado.

Ao longo do tempo, só sentimos jogo de cena, ou teatro verbal e de comportamento, de políticos que não mostraram, ainda, resultados significativos para todo o nosso Oeste catarinense que está praticamente abandonado de projetos de reparos e nem mesmo para estradas podres e esburacadas. Só sentimos apoio forte em época de eleições.

Nada de planejamentos consistentes, e não teóricos para o empresariado do Oeste e venha descendo para outras regiões também. Lembro destas BRS ou rodovias que os empresários oestinos precisam para escoar seguro a produção.

Enfim, chega de discursos vazios e demagógicos, e comecem a apoiar SC, começando pelo Oeste e incutam na cabeça do presidente Bolsonaro que existe SC e que não somos mais o zero desta dinossáurica e sofrida 101.

+

Artigos

Artigo

Sabido e ressabido que “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou ...

Artigo

As velhas tragédias gregas já nos ensinaram que são poucas as coisas que de fato movem a humanidade: ...