Pandemia em Livro

Em boa e inspirada hora, o médico ilhéu Luiz Alberto Silveira decidiu organizar um livro que retratasse o momento pandêmico que, desde março de 2020, bagunçou a nossa vida, virou o mundo de ponta cabeça sem dar tréguas.

Na realidade, o mundo parou, a vida da nossa cidade parou, silenciou, separou-nos de tudo e de todos. A carícia, o toque, o aperto de mão, o abraço, o beijo.  Ficamos, literalmente, no limbo! A pandemia interrompeu o sonho de projetar o amanhã.

Não tem sido nada fácil para os 508.826  mil habitantes de Florianópolis, uma cidade alegre, festeira, praieira, comunicativa e que gosta e sabe de receber bem seus visitantes.

Era preciso não apenas pensar neste mundo “suspenso”, na inimaginável situação que nos encontramos na nossa linda “Floripa”. Era importante analisar, refletir, entender os olhares sobre os diferentes cenários de uma cidade cercada, mas jamais engessada.

Assim, nasceu Retratos Pandemia 2020, o registro documental e histórico para as gerações do futuro, o registro afetivo do que significou sermos protagonistas e plateia neste imenso palco da pandemia.

São cinquenta e oito autores, profissionais liberais, políticos, escritores, artistas, gente nossa. São cinquenta e oito olhares derramados por seiscentas e cinco páginas comungando vivências, partilhando angustias e a esperançar o amanhã.

Como num espetáculo da “Lanterna Mágica”, a famosa precursora do cinematógrafo, apresentada na Vila do Desterro em 1785, pelo navegador francês La Pérouse, o leitor vê passar em cada página de Retratos Pandemia 2020, escorrendo os dias, os meses e o ano, histórias de vida. Cada autor revela o seu extraordinário universo transfigurado em beleza na construção literária.

Em comum, o horror da doença, do sofrimento, da morte, o enfrentamento no cotidiano, a luta contínua e a busca de respostas a perguntas que nos inquietam: Como enfrentar a pós-pandemia? Como mitigar o impacto social e econômico?  Que cidade se está a desenhar neste novo viver?

Em marcha uma nova cultura comportamental, um novo olhar para a sociedade. Caberá a cada um assumir a responsabilidade social no desenvolvimento pleno, sustentável e feliz de Florianópolis, no exercício exemplar de cidadania.

Retratos Pandemia 2020, organizado por Luiz Alberto Silveira, ilustrações de Mariette  Silveira, numa primorosa edição da Vitelli Publisher é uma obra ontológica, um presente para a Florianópolis.

+

Artigos

Artigo

Sabido e ressabido que “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou ...