Perdemos o principal alicerce do futebol feminino

É com profundo pesar que lamento a morte do meu querido amigo Salézio Kindermann, ocorrida neste final de semana em decorrência de complicações da Covid-19, doença que vem abreviando vidas e sonhos. Ele foi um grande incentivador do futebol feminino nacional e, infelizmente, nos deixou aos 77 anos.

Presidente e fundador do Sociedade Esportiva Kindermann, que completa 25 anos em agosto, Salézio partiu, mas deixou um legado gigantesco que será lembrado por todos. Salézio se tornou referência número 1 no futebol feminino em Santa Catarina, conquistou com o Kindermann a Copa do Brasil Feminino em 2015.

Naquele mesmo ano, durante reunião dos presidentes de clubes que eu mesmo comandei, os integrantes da Associação de Clubes de Futebol Profissional de Santa Catarina (SCClubes) homenagearam as conquistas do Kindermann e premiamos o clube com diploma de reconhecimento de 1º clube de futebol feminino associado. Desde então, o Kindermann integra o quadro da Associação.

Quem teve a oportunidade de conviver com Salézio, sabe como ele era um desportista valoroso e um idealizador. Mais do que isso, Salézio foi o principal alicerce do futebol feminino do Estado.

A nossa amizade se intensificou ainda mais em 2019 quando o Avaí firmou parceria com a Associação Esportiva Kindermann para disputar o Campeonato Brasileiro Feminino da Série A1. E assim nasceu o Avaí/Kindermann, que conquistou o vice-campeonato Brasileiro Feminino da Série A 2020.

Nessa singela homenagem eu gostaria também de transmitir meus sentimentos de pesar à família, liderada agora pela viúva Brigida Kindermann.

Assim como milhares de brasileiros, Salézio foi ceifado por esse maldito vírus. A melhor forma de homenagear o nosso comandante do futebol feminino é continuar lutando pela vida.

O futebol catarinense continuará seguindo à risca todos os protocolos de segurança para preservar a vida de todos os desportistas, familiares e amigos. Vamos manter a testagem e continuaremos trabalhando em harmonia com as orientações das autoridades sanitárias dos estados e cidades onde ocorrem as partidas.

Vai em paz, Salézio, que o futebol catarinense vai manter vivos os teus ideais!

+

Artigos

Artigo

Sabido e ressabido que “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou ...

Artigo

As velhas tragédias gregas já nos ensinaram que são poucas as coisas que de fato movem a humanidade: ...

Artigo

​A infraestrutura é aliada incondicional do desenvolvimento econômico e social. A afirmação é irrefu ...