Proteja quem te protege

Você se arriscaria a subir um morro dominado por facções criminosas? Toparia enfrentar, armado com pistola, criminosos com armamento de poderio militar? Quantas pessoas você conhece que teme, todos os dias, que sua família seja morta por criminosos por vingança? Conhece alguém que se matou em decorrência da depressão provocada pelo alto grau de estresse? Você viveria por toda a vida sob o risco de levar um tiro? Você morreria por alguém?

Antes de disparar contra os militares, o que tem sido o esporte preferido de alguns formadores de opinião, é preciso entender a natureza do trabalho dos policiais e bombeiros que atuam na linha de frente.

Não defendo aqui abusos. Todos devem responder por seus atos na justiça.

Contudo, é mais fácil criticar a letalidade da polícia militar do que dimensionar quantas pessoas já foram salvas por um policial e um bombeiro militar em Santa Catarina, que, aliás, é referência nacional em segurança pública.

Sempre é bom lembrar que atrás de cada farda tem uma mãe e um pai de família que, em segundos, precisa decidir entre morrer e matar. Mas tem gente que prefere tratar a exceção pela regra, classificando nossos policiais como assassinos.

Segundo pesquisas recentes, é no Brasil que mais morrem policiais no mundo. Um policial perde a vida por dia no país.

Aqui, em Santa Catarina, só em Joinville, oito policiais militares foram mortos nos últimos anos pelo crime organizado. Tentativa de homicídio contra policiais foram cerca de 20. Fora os atropelamentos.

Além dos desafios diários de enfrentamento da criminalidade e proteção da comunidade, os policiais e bombeiros militares estão há quase sete anos sem reposição inflacionária (não é aumento de salário). Ainda sofrem com o pouco efetivo, duras escalas, enfrentam a falta de equipamentos e, agora, encaram o coronavírus.

Até hoje mais de 600 policiais e bombeiros militares foram contaminados. E o medo maior é infectar os familiares. O que faço é um apelo para que a população valorize o militar assim como valoriza qualquer outro trabalhador honesto.

A segurança pública é dever do Estado e responsabilidade de todos. Portanto, você também pode e deve cobrar do governo mais valorização e respeito ao policial e bombeiro militar. Proteja quem te protege.

+

Artigos

Artigo

Sabido e ressabido que “todo poder emana do povo, que o exerce por meio de representantes eleitos ou ...

Artigo

As velhas tragédias gregas já nos ensinaram que são poucas as coisas que de fato movem a humanidade: ...

Artigo

​A infraestrutura é aliada incondicional do desenvolvimento econômico e social. A afirmação é irrefu ...