Responsabilidade e humildade

É evidente que o momento de crise global na saúde pública não era esperado. Compreensível, portanto, que ninguém domine o caminho correto a ser seguido e que erros de avaliação ocorram, fruto do ineditismo a que estamos expostos. Por isso, é preciso enaltecer as atitudes protetivas que, mesmo sob risco de incompreensão, foram tomadas com o objetivo de diminuir os impactos da Covid19.

O Governo do Estado tomou decisões acertadas; se merecem algum reparo, são insignificantes frente à sua correção. As pressões que virão pela reversão de tais medidas brotarão de todos os cantos, especialmente dos afortunados que se entediarão de seu retiro confortável, mas também de quem depende do trabalho diário para prover sua família.

Mas é fundamental que não se recue, não se cometa o erro de buscar o caminho mais fácil sem compreender que o pior está por vir. Não se trata de previsão apocalíptica, mas de progressão geométrica, amparada no que o mundo nos mostra. Procurar culpados depois não diminuirá a dor nem irá repor as vidas que serão perdidas.

Estou solidário e em absoluta concordância às medidas tomadas, não só pelo Governo, mas pelos prefeitos catarinenses no enfrentamento da situação com o isolamento social imposto, mesmo com danos momentâneos à nossa economia.

Se os agentes políticos acabarem colhendo louros por seus acertos, que assim seja. Terão feito por merecer. O que não podemos, sob nenhum pretexto, é apequenar o debate a questões de poder, nem aceitar a postura equivocada do Presidente da República, que negligencia a necessidade de medidas extremas.

O entendimento de todas as forças do estado é vital para enfrentarmos a crise econômica que, inevitavelmente, sucederá a crise na saúde. Os maiores prejudicados serão os mais pobres, indefesos perante um mercado selvagem, que precisarão da proteção do estado.

Compreensão, resignação, respeito aos pensamentos divergentes e, acima de tudo: humildade. Humildade para compreender nossas fraquezas, entender posições extremadas e manter aberto o melhor caminho – mesmo que a urgência nos sugue para o precipício da facilidade e da irresponsabilidade.
Que Deus esteja conosco.

Mais Opiniões Artigos

Artigo

A pandemia do novo coronavírus colocou o mundo em xeque. A forma como as pessoas se relacionam entre […]

Artigo

Os governos municipais e estadual têm se destacado nos Planos de Contingência para enfrentamento do COVID-19. Passado o […]

Artigo

O país e o mundo vivem um momento sem precedentes, comparável  a uma guerra, que precisamos vencer todos […]

Artigo

Um movimento toma Santa Catarina: leva informação, exorta união — inclusive entre concorrentes históricos —, desfaz mitos, mexe […]

Artigo

Mesmo sob a ameaça do coronavírus e contrariando pedido do presidente Jair Bolsonaro para que não fossem às […]

Artigo

Não há outra forma mais segura do coletivo das classes pobres do país se alçarem ao andar de […]

Artigo

Celebramos no dia 15 de março o Dia Mundial dos Direitos do Consumidor, cuja origem remonta o ano […]

Artigo

O tema sustentabilidade está cada vez mais presente nas empresas e na vida das pessoas. Com a meta de […]