Santa Catarina pensando grande

Um movimento toma Santa Catarina: leva informação, exorta união — inclusive entre concorrentes históricos —, desfaz mitos, mexe com os brios do público e serve de exemplo para o Brasil. Trata-se do “Pense grande: pense rádio, pense TV”, promovido pela Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert). Causou impacto o anúncio de lançamento do movimento, que reuniu figuras de todas as emissoras do estado.

Contam-se nos dedos as vezes em que tal cooperação foi vista na televisão brasileira, que completa 70 anos em 2020. Em tempos nos quais o radicalismo dá o tom, é inspirador ver pessoas que se digladiam por audiência compartilharem a mesma tela. Agora, o “Pense grande: pense rádio, pense TV” vive uma nova fase. Eventos levam dados e análises para diversas regiões do estado.

Sou um dos palestrantes desse road show, que também conta com a fala de Taís Souza, gerente de serviços ao cliente da Kantar IBOPE Media em Santa Catarina. Na plateia, profissionais de agências de propaganda, empresas anunciantes e veículos refletem sobre seus trabalhos e investimentos, deixando de lado preconceitos e histerias a respeito do presente e, sobretudo, do futuro da mídia de massa.

Como digo nas minhas palestras, mídias não morrem. O que morre são aparelhos antigos e métodos ultrapassados. Ao final de cada apresentação, é visível o entusiasmo que toma conta das pessoas. Diante do mar de mentiras que avança sobre a Internet, faz bem lembrar o papel positivo que a comunicação profissional exerce na economia e na sociedade em geral.

Depois de Blumenau, Joinville, Chapecó e Lages, o road show do “Pense grande: pense rádio, pense TV” passará por Florianópolis e Criciúma. As palestras são gratuitas e abertas a todos, da mesma forma que são as programações geradas pelas empresas de radiodifusão. E é com esse espírito
livre que Santa Catarina luta contra as fake news e torna-se referência para os demais Estados brasileiros.

Mais Opiniões Artigos

Artigo

De repente, sem aviso nem informação, o cidadão comum – aquele não tem acesso a revistas semanais e […]

Artigo

A pandemia do novo coronavírus colocou o mundo em xeque. A forma como as pessoas se relacionam entre […]

Artigo

Vivemos tempos difíceis. Todos, sem exceção, serão atingidos pelas consequências desta pandemia global sobre a qual pouco se […]

Artigo

Os governos municipais e estadual têm se destacado nos Planos de Contingência para enfrentamento do COVID-19. Passado o […]

Artigo

O país e o mundo vivem um momento sem precedentes, comparável  a uma guerra, que precisamos vencer todos […]