A conquista das mulheres

O dia 8 de março é celebrado em todo o mundo para reconhecer as conquistas sociais, políticas e culturais das mulheres. O Dia Internacional da Mulher também é uma oportunidade de chamar atenção para a necessidade de acelerar os movimentos em direção à igualdade de direitos e de condições em relação aos homens.

Nesta edição, o ND conta as histórias de três empreendedoras, moradoras de Florianópolis, que trabalham para ajudar o mundo a valorizar e a respeitar as mulheres nas suas mais diferentes formas. Com sua ideologia, a mulher hoje é reconhecida como uma das principais transformadoras da sociedade, destacada pela emancipação da humanidade, e valorizada no protagonismo do desenvolvimento econômico, cultural, político e social.

Apesar dos avanços já registrados, ainda há muita violência dentro e fora de casa contra as mulheres, os salários são díspares, o acúmulo de obrigações é patente, e no âmbito do poder – seja político, seja empresarial – persiste o predomínio da palavra e da presença masculina. Além da notória disparidade de ganhos, há a dupla ou tripla jornada de trabalho e a resistência à escalada das mulheres numa sociedade machista e com sérios desvios de ordem ética e moral.

Menos mal que a luta esteja em curso e que as novas gerações estejam chegando com outra mentalidade – de respeito e apreço à igualdade, o que torna o mundo mais habitável. Vai demorar – algo que deve levar mais cem anos para acontecer, de acordo com um relatório do Fórum Econômico Mundial feito em 2017 -, mas chegará o tempo em que os impasses decorrentes das diferenças de gênero, entre tantas outras, não serão regra, mas exceção. É preciso, sempre, apoiar a luta das mulheres.

+

Editoriais

Editorial

Apesar de ainda o coronavírus ser uma real ameaça, de a Covid-19 continuar matando centenas de pesso ...

Editorial

“Perceba o risco, proteja a vida”. Este é o tema da Semana Nacional de Trânsito, que vai até amanhã. ...

Editorial

Nesta época de pandemia, uma data importante do calendário brasileiro passou praticamente despercebi ...