A retomada da economia

Especialistas e empreendedores são praticamente unânimes em afirmar que
o ano está terminando com um cenário de retomada da economia. Os indicadores, ressaltam, são alvissareiros para 2020. O otimismo não é retórico. As análises são baseadas em números consistentes, que mostram mudança de rumo do setor produtivo.

Há uma maior confiança no mercado e, consequentemente, um ambiente mais propício aos negócios! Alguns fatores podem explicar a expectativa de aumento dos investimentos – por parte de pequenos, médios e grandes empreendedores – ao longo do ano que vem.

Em primeiro lugar, há a leitura de que o governo federal vem tomando medidas acertadas no sentido de desburocratização e desoneração da classe empresarial. O resultado começa a ser percebido, ainda que em ritmo mais lento do que se esperava, com a abertura de vagas de trabalho e a redução do número de desempregados em todo o país. Santa Catarina, inclusive, aparece como o terceiro Estado do país em geração de novas oportunidades de trabalho. Só em 2019 foram criadas 95 mil vagas de emprego no Estado. A indústria de transformação foi o setor que mais contratou – o equivalente a 36%.

Ainda no âmbito governamental, o corte nos juros também contribui para a retomada do desenvolvimento, com um círculo virtuoso de abertura de vagas, geração de renda e melhoria generalizada da qualidade de vida da população. Registre-se, também, a nova Lei da Liberdade Econômica, que dá um sinal importante para quem já está gerando riqueza e também para quem tem o sonho de empreender. A economia do país, que precisa voltar aos trilhos, está no caminho certo.

+

Editoriais

Editorial

O Brasil está virando um país de golpistas e fraudadores. Durante a pandemia, o número de golpes e f ...