Barricadas na UFSC

A greve geral convocada pelos movimentos sindicais e pelos partidos de esquerda, realizada na sexta-feira, não conseguiu parar o país, mas deixou um rastro de prejuízos ao patrimônio púbico e o sentimento de revolta na população que não conseguiu chegar ao trabalho. Justamente as classes mais desfavorecidas, aqueles que dependem do transporte púbico, foram os mais afetados pela paralisação marcada para um dia útil, justamente para garantir um feriado adicional aos manifestantes.

Sob o argumento de protestar contra a reforma da Previdência e dos supostos cortes na educação, estudantes transformaram o campus da UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina), em Florianópolis, num campo de guerra, montando barricadas nos acessos e fechando portões com correntes e cadeados. Servidores foram impedidos de assumir seus postos e professores foram barrados e ameaçados, inclusive com a depredação de veículos particulares.

O que se viu no campus foram atos de vandalismo e selvageria sob a omissão total do reitor Ubaldo Cesar Balthazar e da equipe de segurança da universidade. A mesma postura, de não mover um dedo em defesa da instituição e do patrimônio, ocorreu durante a aula magna do ativista e ex-candidato Guilherme Boulos, no dia 19 de março, no auditório da reitoria da UFSC, quando houve confusão e agressões.

A UFSC tem uma história rica e uma gigantesca contribuição à sociedade catarinense. Dos seus cursos saíram mestres, doutores e profissionais, nos vários campos do conhecimento, que transformaram Santa Catarina num Estado de excelência. Infelizmente, a instituição está com sua imagem arranhada por conta de reitores, diretores e professores alinhados com as ideologias esquerdistas que transformaram a universidade numa trincheira ideológica, quase um mundo à parte da maioria da sociedade. A maioria que foi às urnas em novembro de 2018 para mudar o Brasil.

Mais Opiniões Editoriais

Editorial

As velhas práticas da política estão mais que condenadas. Não é apenas a legalidade que norteia uma decisão. […]

Editorial

É grande a expectativa pelos efeitos da reforma da Previdência na economia do país. Uma nova realidade, que […]

Editorial

O imbróglio que cerca a restauração da Catedral Metropolitana de Florianópolis reflete a dificuldade de preservação dos prédios […]

Editorial

Num cenário social ainda conturbado, que divide os brasileiros a favor ou contra, entre direita e esquerda, Bolsonaristas […]