Centenário alvinegro

A fase não é das melhores, este ano disputa a Série C do Campeonato Brasileiro e o principal objetivo é retornar à Série B, para então voltar à elite do futebol brasileiro, onde é o seu verdadeiro lugar. Mesmo em dificuldades, o Figueirense Futebol Clube tem muitos motivos para comemorar os 100 anos de história neste sábado, dia 12.

Dezoito vezes campeão catarinense, campeão da Copa Mercosul em 1995 e vice-campeão da Copa do Brasil em 2007, o Furacão do Estreito tem muita história e conquistas importantes que orgulham a apaixonada torcida alvinegra.

Pelo estádio Orlando Scarpelli desfilaram grandes jogadores do futebol brasileiro, como Pinga, Casagrande, Wilson, Albeneir, Fernandes, Calico, Edmundo, Evair, Roberto Firmino e Balduíno. Ídolos que marcaram épocas com a camisa nas cores preta e branca.

Onze dos muitos atletas que se destacaram no Figueirense estão no pôster que o jornal ND traz como presente ao leitor nesta edição. A seleção de todos os tempos foi eleita em uma enquete promovida pelo ND+. Um time dos sonhos, pois são jogadores de épocas diferentes.

Fundado em 12 de junho de 1921, o Figueirense nasceu de um grupo que se reunia diariamente para falar sobre futebol na praça 15, no Centro de Florianópolis.

Como parte da área central da cidade tinha o nome de bairro da Figueira, um dos fundadores sugeriu o nome Figueirense, que logo foi aceito pelas outras pessoas do grupo de fundadores. Depois da fundação, a história se encarrega de contar as conquistas, as glórias, as superações, as frustrações e o envolvimento da comunidade com o clube.

No aniversário do Figueirense, o maior presente para a torcida será o retorno do “mais querido” para a Série A do Brasileiro. O caminho é árduo, e a missão espinhosa. Mas o Figueira é grande, nunca vai se tornar pequeno. É uma fase ruim que vai passar. Alvinegros, este dia especial, dos 100 anos do clube, é para ser muito comemorado. Parabéns, Figueirense.

+

Editoriais