Concessão e pedágio

O movimento da Fecam (Federação Catarinense de Municípios) para frear o edital de concessão do trecho Sul da BR-101 ligou o sinal de alerta na Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina). De um lado, a entidade que representa os municípios apresentou ao TCU (Tribunal de Contas da União) irregularidades, pendências e complicações que envolvem a instalação de praças de pedágios no trecho de 220 quilômetros entre Paulo Lopes e São João do Sul. Do outro lado, a instituição das indústrias afirma que uma ação judicial adiará ainda mais os aportes necessários para melhorar a segurança, integridade e fluidez daquele importante corredor rodoviário. Para o presidente da Fiesc, Mario Cezar de Aguiar, estrada ruim é sinônimo de mortes, aumento dos custos logísticos, danos ao meio ambiente, além de perda da competitividade. É sabido que o desenvolvimento da infraestrutura rodoviária no país depende do aumento da participação privada. Mas é preciso que o processo seja mais transparente e simplificado. A Fecam afirma que não é contra a concessão. A preocupação é com o alto valor que poderá ser cobrado no pedágio, pois “foi usada uma contagem defasada de veículos, realizada em 2015), o que encarece o valor da tarifa em cada trecho e compromete o desenvolvimento econômico dos municípios da região Sul de Santa Catarina”. Cada entidade com a sua razão, mas é fundamental que não haja a judicialização da concessão da BR-101 Sul. O que os cidadãos querem é uma rodovia segura, bem sinalizada, mas pagando um preço justo pelo sua utilização.

Mais Opiniões Editoriais

Editorial

Estamos às vésperas do Carnaval e muitos brasileiros estão “concentrados” para a folia que toma conta do país. […]

Editorial

A operação que mobilizou quase 600 policiais civis de 12 Estados brasileiros, Santa Catarina entre eles, demonstra o […]

Editorial

A quarta-feira foi um dia histórico no Brasil. O Copom (Comitê de Política Monetária), do Banco Central, reduziu […]

Editorial

Referência para o Brasil em oferta de serviços de atenção primária na área da saúde, Florianópolis já consolidou […]

Editorial

Paralisado nos últimos anos pela recessão econômica que travou o país, o setor da construção civil ganhou novo […]

Editorial

Apesar da rapidez da troca de informações no mundo cada vez mais globalizado, ainda há pouca informação sobre […]

Editorial

O projeto de municipalizar as sete rodovias estaduais que cortam Florianópolis ganha fôlego sempre que cresce o debate […]