Consumo consciente

Apesar de transmitir tranquilidade em relação ao abastecimento de água na Grande Florianópolis durante a temporada de verão – com base nos investimentos realizados na rede ao longo de 2019 –, a Casan (Companhia
Catarinense de Água e Saneamento) lançou há alguns dias a campanha Pingo de Consciência. O objetivo é sensibilizar os usuários sobre o consumo racional no início do ano, período em que a região tem aumento populacional expressivo.

O sistema disponibiliza 302,4 milhões de litros de água por dia, suficiente para atender 2 milhões de pessoas, cerca de 900 mil a mais do que a população fixa dos municípios de Florianópolis, São José, Biguaçu, Santo Amaro da Imperatriz e Palhoça. Mas essa conta leva em consideração um consumo médio individual diário de 154 litros/dia. O período que compreende os dias que
antecedem e imediatamente posteriores ao Réveillon são os que apresentam picos de consumo de água de todo o ano na região metropolitana.

Portanto, a mudança de hábitos cotidianos – como a diminuição do tempo no
chuveiro ou fechar a torneira da pia durante a escovação dos dentes – faz a diferença quando se avalia a utilização dos atuais recursos hídricos. A campanha idealizada pela concessionária de água e saneamento catarinense propõe uma reflexão absolutamente necessária sobre pequenos gestos que podem afastar qualquer risco futuro de racionamento e, em casos mais graves, de falta d´água. Mais importante do que isso, no entanto, é o sentimento de que o assunto deve ter um comprometimento coletivo. Agora e pelas futuras gerações.

+

Editoriais

Editorial

O Grupo ND e a Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) deram a largada na sexta-feira (23 ...

Editorial

O Brasil está virando um país de golpistas e fraudadores. Durante a pandemia, o número de golpes e f ...