Conteúdo com informação

Na difícil batalha contra as fake news que se proliferam nas redes sociais em meio à pandemia, os veículos de comunicação estão conseguindo vencer mais uma vez. Durante a semana, empresários e líderes do setor de comunicação debateram o assunto em evento do Lide Talks Santa Catarina.

Todos foram unânimes ao destacar o crescimento da imprensa tradicional no contexto da pandemia. Afinal, TVs, rádios, jornais, revistas e sites constituídos oficialmente, prezam pela informação de qualidade. São fontes seguras e confiáveis de informação. Ou seja, é preciso confiar em quem realmente apura os fatos antes de divulgá-los. A correta informação levada à população tem o poder de salvar vidas.

Nunca a informação correta e responsável foi tão importante como nos dias atuais. As redes sociais, de forma irresponsável, continuam sendo propagadoras de notícias falsas que levam pânico à população. Saber filtrar todas as informações que se recebe é um exercício diário que exige bom senso, já que muitos desconhecem a responsabilidade em criar ou compartilhar mensagens que distorcem e atrapalham todo o trabalho que vem sendo feito para conter o novo coronavírus.

Os veículos de comunicação tradicionais gozam de credibilidade porque investem na profissionalização dos seus quadros e contrata jornalistas preparados para apurar os fatos, separando o que é notícia de boatos ou rumores espalhados pelas mídias digitais. Temos o compromisso de zelar pela qualidade da informação, aprimorando cada vez mais o trabalho da reportagem.

É esse tipo de jornalismo que contribui para que os governos, em seus diversos níveis, vejam-se pressionados a adotar, com mais celeridade, políticas públicas que beneficiem a população. Assim, quando a pandemia passar, o jornalismo sairá ainda mais valorizado e fortalecido.

+

Editoriais

Editorial

O Grupo ND e a Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) deram a largada na sexta-feira (23 ...

Editorial

O Brasil está virando um país de golpistas e fraudadores. Durante a pandemia, o número de golpes e f ...