Cuidado com o bem público

O vazamento de esgoto na Lagoa da Conceição, um dos principais cartões-postais de Florianópolis e de Santa Catarina, que não foi o primeiro e infelizmente não será o último, revela o descaso da Casan, responsável pelo saneamento básico da nossa cidade, e a falta de conscientização da população no cuidado com o meio ambiente.

Neste caso do esgoto na Lagoa, revelado em reportagem exclusiva do ND na terça-feira (19), ficou evidenciada a falta de vistorias constantes da Casan na rede coletora de esgoto, onde ocorreu uma rachadura que levou os dejetos para dentro da lagoa. A companhia alega que o problema foi pontual. Mas faltou uma ação mais rápida na solução desse problema.

Foi preciso uma intervenção particular para que providências fossem tomadas. Incomodada com a espuma densa e amarelada, que vinha sendo ligada às algas, como um fenômeno normal, a Avelisc (Associação de Vela e Preservação Ecológica da Lagoa da Conceição) colheu o material e enviou para um laboratório privado. O laudo constatou esgoto.

A denúncia na imprensa alertou também a Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente). Do dia 27 de abril, o primeiro dia que a mancha apareceu na lagoa, até o dia 18, foram 22 dias de esgoto correndo para a água.

Faltou aí também a participação da sociedade. Fora a associação, ninguém se preocupou com a Lagoa da Conceição? Afinal, comerciantes sobrevivem dos seus negócios que têm a lagoa como principal atrativo. Atrai turistas e dinheiro. Moradores se orgulham de morar no bairro e ter a Lagoa como quintal de casa, além da excelente qualidade de vida que a região proporciona.

O bem público é um patrimônio valioso. Mas há muitas pessoas que insistem em matar a Lagoa da Conceição aos poucos. Sendo um patrimônio da cidade, público, do povo, a lagoa deveria ser bem cuidada, protegida. Não podemos cruzar os braços cada vez que alguém faz uma ligação irregular de esgoto, um comerciante despeja dejetos ou um frequentador jogue uma garrafa ou até lixo na água. A Lagoa da Conceição precisa sobreviver. Para o bem de todos.

+

Editoriais

Editorial

Em outubro de 2015 o jornal ND publicou a série de reportagens “Dossiê Comcap” que revelou, de forma ...