Investimentos e despesas

Os países mais ricos e influentes concordam que a pandemia da Covid-19 produzirá, além de perdas humanas em grande escala, uma recessão igualmente gigantesca. Ciente disso, o ministro da Economia, Paulo Guedes, mantém o otimismo e trabalha com sua equipe para manter o Brasil em crescimento. Antes do coronavírus, as projeções do ministério apontavam que a economia do país estava crescendo acima de 2%.

O Brasil está entre os poucos países que vem mantendo o volume de exportações, com a queda de 30% nos negócios com os Estados Unidos superada pela elevação das vendas à China. “O país já estava decolando quando bateu a crise do coronavírus”, disse. A missão não é fácil, mas o governo federal reafirma que vai seguir com a mesma política econômica, com as reformas estruturantes e com “bilhões investimentos”. O teto de
gasto também será mantido.

Para Guedes, que não se opõe ao isolamento social, o fundamental é manter o que chama de “sinais vitais” da economia, com atenção às áreas de energia, transportes e alimentação. E uma das apostas do governo é na redução de despesas já no segundo semestre, com avanço nas privatizações e nas reformas e na redução de despesas, principalmente como o funcionalismo.

Uma suspensão de reajuste de salário dos servidores públicos por um ano e meio está sendo negociada com o Congresso Nacional. Como disse Guedes, é o momento de o funcionalismo público mostrar que está com o Brasil, que fará um sacrifício pelo país e que “não vai ficar em casa trancado com geladeira cheia, assistindo a crise enquanto milhões de brasileiros estão perdendo emprego”.

Em editorial no dia 4 de abril, o ND propôs que, com exceção dos servidores ativos das áreas de Saúde e Segurança, todos tenham uma redução de 25% dos seus ganhos por 90 dias. Está clara a necessidade de os Poderes da
República cortarem na própria carne, em benefício da maioria dos brasileiros.

Mais Opiniões Editoriais

Editorial

A mobilização da sociedade, de lideranças políticas e comunitárias e da imprensa deu resultado. O Parque Ecológico do […]

Editorial

O agronegócio continua demonstrando força e importância para a economia de Santa Catarina. Dos US$ 2,64 bilhões arrecadados […]

Editorial

Na retomada das inspeções, depois de uma pausa por conta da pandemia da Covid-19, a equipe do Floripa […]

Editorial

As mesmas manchas densas e amareladas que apareceram no início de janeiro deste ano voltaram a surgir no […]

Editorial

Depois da desastrada compra dos 200 respiradores por R$ 33 milhões, que desencadeou na Operação Oxigênio, do Ministério […]

Editorial

Os muitos questionamentos e as diversas dúvidas que surgiram após a divulgação do processo da Operação Oxigênio, que […]

Editorial

Santa Catarina já contabiliza 530 mil demissões desde o início da crise provocada pela pandemia da Covid-19. Esse […]

Editorial

A quebra de sigilo solicitada pelo MPSC (Ministério Público de Santa Catarina) e autorizada na manhã de ontem […]

Editorial

A força-tarefa que envolve MPSC (Ministério Público de Santa Catarina, TCE (Tribunal de Contas de Santa Catarina) e […]

Editorial

A negociação do governo do Estado na compra suspeita de 200 respiradores de uma empresa do Rio de […]

Editorial

A quarta-feira, 6 de maio, foi um dia histórico para o Brasil. O Copom (Comitê de Política Monetária) […]