Lagoa do Peri, a referência

O quinto ano consecutivo com a Bandeira Azul, certificação que representa a consolidação do local como referência internacional em qualidade, segurança e infraestrutura, comprova que o trabalho de preservação na Lagoa do Peri feito pela Prefeitura de Florianópolis, por meio da Floram (Fundação Municipal do Meio Ambiente), é comprometido com a preservação ambiental. Estudantes que visitam o local ouvem palestras sobre educação ambiental.

Atentas, as crianças levam o ensinamento para suas escolas e casas e ajudam a propagar os cuidados com a natureza. É consenso que o respeito ao meio ambiente começa pelas pequenas atitudes individuais. Fiscais do parque estão sempre atentos a algum tipo de irregularidade cometida por visitantes, sempre com o objetivo de garantir a preservação.

A Bandeira Azul também leva em consideração 34 requisitos estabelecidos pela Fundação para a Educação Ambiental (FEE), como acessibilidade, segurança, qualidade da água e bem-estar. A Lagoa do Peri, que fica dentro do Parque Municipal da Lagoa do Peri, é a maior lagoa de água potável da costa catarinense e também o maior manancial de Florianópolis. Abastece mais de 100 mil pessoas no Leste e Sul da Ilha.

Vivem por lá mais de 320 espécies de aves, mamíferos e mais de 340 espécies de árvores. Quem visita o parque desfruta da lagoa, de rios, cachoeiras e três trilhas. Por tudo isso fica perceptível a importância desse local para a Ilha de Santa Catarina. Cidades como Florianópolis, que vivem
da exploração das belezas naturais, não podem estar dissociadas de políticas intensivas de cuidado com o ambiente e a qualidade de vida.

+

Editoriais