Mais ordem e menos caos

Com tantas notícias de fraudes e atos de corrupção veiculadas frequentemente na mídia, aos olhos dos brasileiros fica a impressão de que Polícia Federal e Poder Judiciário estão enxugando gelo. Mas por outro lado, quando se vê o resultado de uma operação, como a Saldo Negativo, deflagrada na terça-feira (5), na qual foram presas 25 pessoas em Santa Catarina, São Paulo, Distrito Federal e Paraná, por fraudes tributárias, temos a certeza de que o trabalho de investigação um dia vai inibir ou até acabar com esses grupos de criminosos que prejudicam não só o Poder Público ou empresários, mas provocam danos em todo o país, principalmente aos cidadãos, que deixam de receber seus direitos básicos. O brasileiro está cansado de corrupção e clama por mais ordem e menos caos. Muito se ouve e, até então, pouco se fazia para mudar isso. A realidade agora é outra. Sentenças judiciais condenam políticos, parte das pessoas e instituições que orbitam ao redor deles. Quem usufrui das vantagens do submundo de acordos e conchavos, uma hora ou outra, vai receber a “visita” de policiais federais. O vício dos corruptos, que permanece no ambiente micro, está sendo corroído por ações enérgicas no ambiente macro. Um ponto que merece destaque no combate às fraudes é a transparência, que precisa ser implementada de maneira ampla e irrestrita para reduzir o risco de fraudes e tornar a máquina pública mais eficiente. Daí sim, o dinheiro dos impostos pode ser usado prioritariamente no caótico sistema de saúde, no sucateado setor de segurança e em outras áreas vitais para a população, e não como meio de enriquecimento de corruptos.

Mais Opiniões Editoriais

Editorial

Todos os deputados federais catarinenses, à exceção do petista Pedro Uczai, apoiam as propostas para mudar a Constituição […]

Editorial

Definitivamente, o governo de Santa Catarina tem um sério problema com pontes. Mais ainda em Florianópolis. As pontes […]

Editorial

O governo federal lançou o programa Verde e Amarelo para incentivar a qualificação profissional e a geração de […]

Editorial

Nona maior cidade em população e 12º maior PIB (Produto Interno Bruto) de Santa Catarina, conforme dados do […]

Editorial

As possíveis fusões ou extinções de 872 municípios brasileiros caso a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do […]