Mais vagas em creches

Aos poucos, Florianópolis está conseguindo amenizar um dos mais graves problemas que atormentam os pais há décadas: a falta de vagas nas creches municipais. Com três creches inauguradas desde o início da atual gestão, a última delas na segunda-feira (7), no Rio Tavares, a prefeitura conseguiu reduzir a fila de espera, que era de 4.000 crianças em janeiro de 2017, para 1.315 vagas. O número ainda é alto, mas com a previsão de conclusão de ampliações e reformas de 12 unidades até o primeiro semestre de 2020, o cenário mudará positivamente. A Política Municipal de Educação Infantil tem o compromisso de zerar a fila de espera. Vaga em creche da rede pública é um direito legal da criança previsto inclusive no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). Além dessa vaga ser essencial para o desenvolvimento das crianças, também tem um impacto enorme para toda a sociedade. Uma vaga em uma creche permite que a criança tenha um melhor desenvolvimento cognitivo e aprenda desde cedo a conviver em sociedade. Outro benefício é que pai e mãe poderão trabalhar, aumentando a renda familiar, e consequentemente, a qualidade de vida da criança. Há ainda o benefício de haver mais vagas de trabalho para professores e funcionários em funções como zelador, faxineira, merendeira, entre outros. Construir uma nova creche sempre foi um desafio para o Poder Público, por muitos motivos. No entanto, é algo prioritário se desejamos uma sociedade bem desenvolvida.

+

Editoriais