O legado do Dr. Mário

Esta quarta-feira, dia 22 de abril, marcou a despedida de Mário José Gonzaga Petrelli, aos 84 anos, presidente emérito e fundador do Grupo ND (Santa Catarina) e Grupo RIC (Paraná), um pioneiro e um líder da comunicação regional. Com a sua morte, catarinenses e paranaenses perdem uma referência de empresário e cidadão, um empreendedor que fez da comunicação uma arma para alavancar o desenvolvimento de dois Estados.

Foi um visionário, sempre à frente do seu tempo, que soube dividir seu conhecimento e experiência por onde passou. Era carinhosamente chamado de Dr. Mário pelos mais humildes ou por grandes autoridades da Nação.

Em sua longa carreira, moveu-se com invejável desenvoltura nos campos do Direito, dos seguros, da Previdência, das finanças e das comunicações.
Nos bastidores da política, ou na trincheira dos seus veículos de imprensa, sempre foi conciliador, tratando com ética e respeito mesmo quem se opunha às suas opiniões.

Colecionou amigos e admiradores ao longo da vida pelo seu caráter cidadão e íntegro. Tornou-se conselheiro de empreendedores mais jovens, parlamentares, ministros, governadores e até presidentes da República – um deles, José Sarney, chamou-o para ajudar a melhorar as relações do Executivo com a sociedade.

Na comunicação, Mário Petrelli foi o agente que proporcionou a expansão de uma rede que hoje alcança milhares de pessoas, todos os dias, em Santa Catarina e no Paraná, formando o maior grupo de mídia do Sul do país. O jornalismo cidadão e a valorização das regiões garantiram o sucesso e o crescimento dos empreendimentos que hoje estão sob o comando dos filhos Marcello Correa Petrelli e Leonardo Petrelli.

Para o empresário, imprensa não é poder, mas prestação de serviço. Esta sempre foi a sua visão que norteou os rumos dos seus veículos. Mário Petrelli fará muita falta, e deixa tristes os familiares e seus muitos amigos, mas também deixa um legado.

Seus exemplos como cidadão, sua retidão e sua inteligência ficarão na lembrança dos que permanecem, como sementes para a busca de um mundo que precisa se comunicar melhor para evoluir e tornar-se mais harmônico e habitável.

+

Editoriais

Editorial

O Grupo ND e a Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) deram a largada na sexta-feira (23 ...

Editorial

O Brasil está virando um país de golpistas e fraudadores. Durante a pandemia, o número de golpes e f ...