O turismo fortalecido

O grande sonho capitaneado por lideranças empresariais e políticas de Florianópolis há pelo menos seis anos começa a virar realidade. Com o lançamento do edital de concessão, na última quinta-feira, o Parque Urbano e Marina da Beira-Mar Norte ganha contornos de quem em breve a cidade ganhará um equipamento turístico e de lazer comparado aos melhores do mundo.

O projeto desta marina e parque é o ponto de partida para uma mudança em toda a configuração do turismo de Florianópolis e até mesmo da região. Agora viabilizado, vai consolidar a importância da modernização e construção de equipamentos turísticos que sejam complementares às nossas belas praias, ao nosso clima e a todo o conjunto das belezas naturais da capital catarinense.

O crescimento do turismo, principal indústria de Florianópolis, e sua modernização, é importante para todos os segmentos da economia local e estadual. Além de proporcionar oportunidades, a previsão é de criar cerca de seis mil empregos diretos, o projeto da marina se firma como um animador, gerando investimentos em cadeia que se refletirão em todos os setores da nossa economia.

Por muitos anos, Florianópolis ficou de costas para o mar, uma de suas principais riquezas. O avanço do projeto da marina também resgata parte dessa dívida e aponta para outros caminhos, como o transporte marítimo, que ainda depende de licenças ambientais para ser implantado nas baías Sul e Norte, e o terminal para embarque e desembarque de turistas em cruzeiros nacionais e internacionais.

Esses dois projetos precisam avançar mais rápido para se juntarem nessa nova configuração do turismo na Capital. O mar é a grande saída para uma ilha que precisa crescer no turismo e avançar em opções de mobilidade.

+

Editoriais