Otimismo do comércio para vendas de Natal

O comércio, um dos muitos setores prejudicados pela pandemia da Covid-19, aguarda com otimismo as vendas de Natal para tentar recuperar as perdas ao longo do ano. Atípico, o ano de 2020 pode terminar de maneira positiva para os comerciantes.

A data comercial mais esperada por lojistas, empresas, prestadores de serviços e ambulantes, ainda se apresenta de forma tímida em Florianópolis, muitos comerciantes ainda não entraram no clima natalino. Também não há decoração nas ruas, apenas os shoppings começaram a decorar as fachadas e os ambientes internos.

Criar e alimentar o clima natalino, com suas tradições de troca de presentes, significa também reforçar o momento mais importante, em termos de vendas, para o comércio lojista.

Para o presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) de Florianópolis, Ernesto Caponi, mesmo com o efeito da pandemia o pensamento é positivo, como afirmou à reportagem do ND. E reforça que o comércio está cumprindo todos os protocolos sanitários, por isso não acredita em um novo lockdown. Apesar do otimismo do setor, há a consciência de que o Natal será um desafio para o comércio. Como por exemplo, incentivar os consumidores a comprar.

Mas dificilmente a população vai se privar de ir às compras. Afinal, presentear nesta época do ano é uma demonstração de afeto, carinho, amor e reconhecimento por atitudes durante o ano. Não custa lembrar que é obrigação de todos seguir com os cuidados sanitários.

Não basta só o comércio estar preparado, é fundamental que haja consciência dos consumidores, que evitem aglomerações e usem máscaras. Ainda estamos há 45 dias do Natal, portanto há bastante tempo para que todos façam suas compras com tranquilidade e muito cuidado.

+

Editoriais