Outubro Rosa

Desde 1990, o mês de outubro foi escolhido para massificar a informação de que o autoexame é a principal arma das mulheres no diagnóstico precoce do câncer de mama, mas ainda assim, só em 2019, a doença foi identificada em 59 mil pessoas.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), órgão vinculado ao Ministério da Saúde, o câncer de mama é segundo tumor maligno mais comum entre as mulheres – atrás apenas do câncer de pele não melanoma, chegando a quase 30% dos casos no Brasil. A doença também atinge os homens, mas com menor frequência (cerca de 1% dos casos).

O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, que objetiva auxiliar mulheres sobre a efetividade do diagnóstico precoce e a desmistificação da doença. E que têm, muitas vezes, encontrado todo o tipo de barreira e até preconceito na busca pela recuperação da saúde.

Essas guerreiras são um verdadeiro exemplo de perseverança e união, que cada vez mais precisa ser apoiado e lembrado, para que outras vítimas da doença não esmoreçam e possam seguir lutando até a recuperação total.

Assim como ocorreu em outros anos, o Grupo ND abraça o Outubro Rosa em parceria com a Amucc (Amor e União Contra o Câncer), uma das principais entidades do país voltadas ao diagnóstico e à prevenção da doença com a ajuda da informação. Uma extensa programação, envolvendo os mais diversos segmentos da sociedade, está voltada à discussão do tema durante todo o mês.

A partir de reportagens e notícias sobre o assunto, os veículos do Grupo ND querem motivar o debate sobre o assunto, pois quanto mais falarmos sobre a doença, em outubro e nos demais meses do ano, mais pessoas descobrirão o câncer precocemente e terão melhores condições de seguirem com suas vidas.

É momento de prestigiar o Outubro Rosa e valorizar quem dedica seu tempo e une esforços para uma causa que coloca a vida em primeiro lugar. Abraçar esse movimento é mais que um ato de amor próprio, é a valorização da existência.