Prefeitos são gestores

É interessante e esperançoso quando ocorre um congresso de prefeitos e que nele se discutam assuntos como inovação, sustentabilidade e eficiência de gestão. Foram esses os principais temas do 17º Congresso de Prefeitos promovido pela Fecam (Federação Catarinense de Municípios), debatidos em seminários, palestras e workshops por prefeitos, vereadores, secretários e técnicos/servidores. Esse é o caminho para pavimentar de vez a nova política, para deixar as velhas práticas no passado. Ideias inovadoras e sustentáveis, discussões produtivas, enxugamento da máquina e gestão eficiente passaram a fazer parte do dia a dia dos gestores municipais que estão engajados com suas cidades e seus cidadãos. Há inúmeros desafios. Administrar somente com os recursos de repasses constitucionais e destinar percentuais previstos em lei não bastam para garantir a qualidade de setores prioritários, como saúde, educação, limpeza urbana, saneamento, pavimentação e promoção social. Tudo sem falar na folha salarial, a maior dor de cabeça de prefeitos que convivem com diminuição de recursos e a elevação anual de salários e benefícios. Os gestores precisam apresentar políticas públicas que garantam qualidade aos serviços. Como disse o presidente da Fecam e prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, para inovar não é preciso dinheiro público. Ter ideias para atrair investidores é um dos caminhos. Na nova política, os obstáculos têm que ser superados com habilidade, humildade e muito trabalho. Para o bem de todos os cidadãos de cada município brasileiro que esperam ver na figura do prefeito um gestor honesto e inovador.

+

Editoriais

Editorial

O Grupo ND e a Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) deram a largada na sexta-feira (23 ...

Editorial

O Brasil está virando um país de golpistas e fraudadores. Durante a pandemia, o número de golpes e f ...