Riscos dentro de campo

A retomada do Campeonato Catarinense de futebol foi um desastre. Após a realização dos quatro jogos de ida das quartas de final, ao menos 20 pessoas, atletas e integrantes das comissões técnicas, foram diagnosticadas com Covid-19. Só na Chapecoense, 14 testaram positivo. O atacante Roberto está internado em um hospital de Chapecó.

A grande repercussão sobre isso levou a Federação Catarinense de Futebol e o governo do Estado a suspenderem os jogos da volta, que seriam no domingo. Prevaleceu o bom senso. A tentativa da volta do futebol provocou riscos desnecessários.

Por mais que todos os protocolos sanitários tenham sido cumpridos, atletas, profissionais das comissões técnicas dos times, integrantes da Federação, árbitros e auxiliares e equipes da imprensa e da transmissão por sites e plataformas ficaram expostos ao contágio. Futebol é um esporte de contato, não há como respeitar um distanciamento mínimo. E durante as comemorações de gols, quase ninguém manteve distância e o que viu foram abraços e aglomerações.

No início de junho, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, publicou uma carta dirigida as 211 federações-membro na qual tratou sobre a volta do futebol. No texto, ele frisou a importância de serem colocadas em práticas medidas para evitar a propagação da Covid-19. “A saúde vem em primeiro lugar”, afirmou.

Aqui em Santa Catarina, o que se viu nessa tentativa fracassada de retomar o futebol foi a propagação do novo coronavírus. O campeonato só foi retomado devido à pressão dos clubes. Governo e algumas prefeituras, como a de Florianópolis, não estavam dispostos a liberar os jogos. Mas os mandatários do Estado e dos municípios cederam e o interesse dos clubes prevaleceu. Agora, depois da porta arrombada, o campeonato foi suspenso por 14 dias. Se vai ser retomado, ninguém sabe. Então, o mais sensato seria encerrar logo a competição.

+

Editoriais

Editorial

Totalmente parado desde o início da pandemia da Covid-19, o setor de eventos vem se movimentando com ...

Editorial

A quarta edição da pesquisa “Impacto do coronavírus nos negócios de Santa Catarina”, realizada por F ...