Temporada de verão e de cuidados

Os dois feriados prolongados – 12 de outubro e 2 de novembro – foram amostras de como será a temporada de verão em Santa Catarina. As cenas de praias lotadas animam o trade turístico, ao mesmo tempo em que também deixam uma preocupação em relação à pandemia de Covid-19, pois os flagrantes de aglomerações, descaso com as regras sanitárias e a ineficiente fiscalização das forças de segurança e do poder público são indicativos de que Estado e municípios precisam se preparar melhor para a temporada que deve ser diferente de todas as outras.

Ao contrário de outros anos, a expectativa para o verão de 2020/2021 é de mais turismo regional – com turistas catarinenses e de outros Estados querendo desfrutar das belezas naturais de Santa Catarina – e menos turismo internacional, devido à pandemia.

Pesquisa da Santur (Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina) reforçou a tendência do turismo regional e necessidade de adoção de cuidados contra a Covid-19 e a preferência dos turistas por viajar de carro, com deslocamentos em um raio de até 300 quilômetros, acompanhados da família.

Na reportagem de Cristiano Rigo Dalcin, nesta edição, o presidente do Floripa e Região Convention & Visitors Bureau, Humberto Freccia, diz que há “certo receio” porque as pessoas estão estressadas e sem paciência para ficarem em casa: “Vai ser um estouro da boiada”. Essa previsão é um alerta para as autoridades sanitárias, ainda mais que a região da Grande Florianópolis está em situação gravíssima para o contágio do coronavírus.

Junto com entidades ligadas ao turismo, ao comércio e à economia, a Capital montou um grupo de trabalho para planejar a temporada. É fundamental que haja segurança – sanitária e fiscalização – nas praias, pois, como em todos os anos, as aglomerações na faixa de areia, entre cadeiras e guarda-sóis serão inevitáveis. Para isso, cada um, poder público e população, precisa fazer sua parte.

+

Editoriais

Editorial

O Grupo ND e a Fiesc (Federação das Indústrias de Santa Catarina) deram a largada na sexta-feira (23 ...

Editorial

O Brasil está virando um país de golpistas e fraudadores. Durante a pandemia, o número de golpes e f ...