Uma rodovia mais segura

Após várias tentativas de revitalização e pequenas recuperações em buracos da via ao longo dos últimos dez anos, finalmente a SC-401 está revitalizada.

A má conservação e o estado precário de alguns trechos da rodovia estadual mais movimentada de Santa Catarina, com tráfego de mais de 70 mil veículos por dia, que chega a 80 mil durante a temporada de verão, colocavam em risco os motoristas que transitavam nos dois sentidos – Centro/Norte da Ilha e Norte da Ilha/Centro.

Além do intenso movimento, na rodovia que há anos se transformou em uma via urbana, devido à urbanização e ao grande número de comércios instalados nos últimos anos, os buracos e a falta de sinalização dificultavam a trafegabilidade.

Construída na década de 1930 para ligar o Centro ao Norte da Ilha, a rodovia cresceu de forma desordenada e hoje é cercada por imóveis comerciais, um verdadeiro shopping a céu aberto.

Até o início da revitalização, em 26 de agosto de 2019, a lista de problemas era extensa: falta de sinalização adequada, má conservação, atos de imprudência e falta de conscientização dos motoristas e excesso de publicidade (outdoors).

Desta vez, com investimentos de R$ 33 milhões, foram executados serviços em um trecho de 12 quilômetros, justamente o que estava em más condições.

O governo do Estado planeja ainda novas melhorias na SC-401. Não dá para achar que com esta revitalização todos os problemas estejam resolvidos. É preciso dar segurança e conforto ao motorista, que em contrapartida tem que respeitar as regras de trânsito e evitar atos de imprudência.

A inconsequência e o desrespeito à lei colocam em risco tanto aqueles que cometem manobras perigosas, quanto quem divide o mesmo espaço, no caso motociclistas, ciclistas, pedestres. Que a nova SC-401, sem buracos, inspire quem trafega por ela e se torne, de fato, um local de convivência pacífica e de respeito às regras de trânsito.

+

Editoriais