Arthur Lira recebe apoio de Bolsonaro e é eleito novo presidente da Câmara

Com 302 votos, o deputado comenda a Casa até 2022 no lugar do então presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM/RJ)

Com 302 votos dos 505 deputados presentes, Arthur Lira (PP-AL) é o novo presidente da Câmara dos Deputados. O candidato, apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), comanda a Casa até 2022.

Eleição de Arthur Lira na Câmara de DeputadosLira foi lider do Centrão, bloco de partidos de centro-direita que dão sustentação ao governo Jair Bolsonaro – Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles/Divulgação/ND

O segundo colocado foi o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), apoiado pelo agora ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que obteve 145 votos.

Em seguida, Fábio Ramalho, com 21 votos; Luiza Erundina (Psol-SP), com 16; Marcel Van Hattem (Novo-RS), com 13; André Janones (Avante-MG), com três; Kim Kataguiri (DEM-SP), com dois; e General Peternelli (PSL-SP), com um voto. Dois deputados votaram em branco.

Lira, que é líder do Centrão, foi candidato oficial do bloco PP, PSL, PL, PSD, Republicanos, Podemos, Pros, Patriota, PSC, PTB e Avante.

À frente da Câmara, Lira terá a responsabilidade de pautar e conduzir a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 186/19, a PEC Emergencial e o Orçamento Anual 2021.

Como prioridades, o deputado disse que pretende instalar a CMO (Comissão Mista de Orçamento) nesta semana, e busca um acordo de líderes para aprovar o Orçamento ainda este mês. Ele também sinalizou que deseja votar a reforma administrativa ainda no primeiro trimestre.

Lira comemora eleição na Câmara de DeputadosParlamentar recebeu 302 votos – Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles/Divulgação/ND

Há uma preocupação latente com a crise sanitária causada pela pandemia da Covid-19 e, consequentemente, a crise econômica, com milhões de brasileiros desempregados e sem auxílio emergencial.

Paira sob Lira a dúvida quanto à potencial submissão ao Palácio do Planalto e a pautas caras ao governo Jair Bolsonaro, como flexibilização do armamento da população ou arrocho na demarcação de terras indígenas. Ele tem dito que qualquer pauta que tiver maioria no colégio de líderes será colocada para análise no plenário.

Perfil

Arthur Lira, 51 anos, é um político discreto e com personalidade forte. Ele está em seu terceiro mandato consecutivo como deputado federal (desde 2011). Antes, foi vereador por Maceió por dois mandatos (1993-1999) e ocupou assento na Assembleia Legislativa de Alagoas, entre 1999 e 2010.

O parlamentar foi líder do PP e do Centrão, bloco de partidos de centro-direita que dão sustentação ao governo Jair Bolsonaro.

Função

O presidente é o representante da Câmara quando ela se pronuncia coletivamente. A principal competência é definir a pauta de votações do plenário e supervisionar todos os trabalhos da instituição. Ele substitui o presidente da República (é o terceiro na linha sucessória) e integra o Conselho da República e o Conselho de Defesa Nacional.

Movimentação

A poucos dias da votação da presidência da Câmara dos Deputados, Jair Bolsonaro (sem partido) exonerou os ministros Onyx Lorenzoni, do Ministério da Cidadania, e Teresa Cristina, da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.  Os dois são deputados federais pelo DEM.

A saída temporária dos dois ministros serviria para Bolsonaro conseguir mais votos para a eleição de Arthur Lira (PP-AL) como presidente da Casa.

+

Política Brasileira