Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.


Bolsonaro pode ter indicação de três ministros ao STF

Serão um evangélico e um católico para as duas confirmadas, mas há informes de uma terceira aposentadoria forçada

No Palácio do Planalto há a certeza de que o presidente Jair Bolsonaro vai indicar três, e não dois ministros para o Supremo Tribunal Federal, como está previsto até o fim de seu mandato.

No plano, estão um “terrivelmente evangélico”, para a vaga de Celso de Mello este ano; um católico para a vaga de Marco Aurélio Mello, que se aposenta ano que vem; e um conservador (não necessariamente de cunho religioso) para vaga que pode surgir com uma esperada outra antecipação forçada de aposentadoria, segundo relatos entre gabinetes palacianos.

Pró-vida

O tema é tão evidente nesta eleição que candidatos pró-família são chamados a assinar compromisso com a pauta, num programa tocado pelo grupo Legisladores Pela Vida – que promete ampla divulgação das candidaturas em variadas plataformas.

Berço

Novato na política, o deputado federal João Campos lançou mão das imagens dos falecidos avô Miguel Arraes e do pai Eduardo Campos, para mostrar o RG ao eleitorado que ainda o desconhece na disputa no Recife. Pai e avô foram governadores do Estado.

O PSB mal é citado por Campos, nem o prefeito Geraldo Júlio, com o camburão da PF na porta do gabinete por investigação de contratos da Saúde na pandemia.

Jogo pesado

A delegada e candidata bolsonarista à Prefeitura do Recife, Patrícia Domingos (Podemos), segue braba com o Governo Paulo Câmara (PSB) a quem ela acusa de perseguição política. Alvo de processo administrativo na Segurança por críticas sobre o fechamento da delegacia de combate a crimes de corrupção, que ela comandava no Estado, só agora – no meio da campanha – foi convidada a depor.

Eleição do Covid

Os candidatos a prefeito e a militância se fazem de cegos frente ao comunicado do TRE de Estados do Nordeste. Nas capitais, vários candidatos foram às ruas com carros de som, carreata, e corpo-a-corpo com aglomerações.

MERCADO

No saldo

Levantamento feito pela Icatu Seguros de janeiro a junho deste ano mostra que, apesar da crise, os fundos de previdência tiveram seis vezes menos resgates em comparação aos fundos do mercado aberto.

A análise considerou 43 fundos de previdência de multimercados, ações, crédito privado e renda fixa, que somam mais de R$ 13,2 bilhões da carteira da seguradora, e os concorrentes que chegam a R$ 30 bilhões.

Portugal-Alagoas

A rede Galé vai construir seu novo resort no Brasil na Praia de Carro Quebrado, em Barra de Santo Antônio, Alagoas. O presidente da rede, Jorge Rebelo, inovará: o hotel será temático sobre literatura e homenageará grandes autores.

Memória viva

Por falar em literatura, a Livraria Resistência Cultural, do conhecido editor José Loredo, está vendendo a R$ 20 livros do ex-ministro da Fazenda Delfim Netto.

Imortalizando cenas

Orlando Brito, mais de 50 anos de fotografia – o homem que registrou a rotina de todos os presidentes da República desde o regime militar – é (merecido) tema do documentário “Não Nasci Para Deixar Meus Olhos Perderem Tempo”. Será exibido hoje no festival ‘É Tudo Verdade’.

Guinada à direita

A esquerda (Frente Ampla) venceu a eleição para governar a capital Montevidéu, mas a grande vitória no Uruguai, contabilizados os votos, é da direita, após anos de domínio do grupo de Pepe Mujica e Tabaré Vazquez. O conservador Partido Nacional (do atual Presidente de direita Lacalle Pou) ganhou 15 dos 19 Departamentos uruguaios.