Karina Manarin

Com foco em notícias de política, o blog traz todos os dias também as informações do cotidiano e que interferem diretamente na vida das pessoas de todo o Sul Catarinense.


Coronavírus: Santa Catarina deve anunciar medidas restritivas

Carlos Moisés está no grupo dos 21 governadores que articula medidas restritivas alegando necessidade de reduzir a circulação

A imprensa nacional informou há pouco que 21 governadores, entre eles o de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, do PSL, articulam anunciar medidas restritivas em conjunto até o dia 14 de março.

Carlos Moisés – Foto: Arquivo/Mauricio Vieira/Secom/Divulgação/NDCarlos Moisés – Foto: Arquivo/Mauricio Vieira/Secom/Divulgação/ND

Ainda não há detalhes sobre exatamente quais medidas devem ser anunciadas, mas o porta-voz dos governadores, Wellington Dias, do PT do Piauí, adiantou que podem entrar no acordo nacional a proibição de vendas de bebidas alcóolicas a partir de determinado horário e o impedimento de eventos com aglomerações.

O argumento dos governadores é que foi feito pedido ao Ministério da Saúde para uma ação nacional, mas não aconteceu. Os governadores avaliam que há necessidade de reduzir a circulação de pessoas em razão do período crítico por que passa o país em razão da pandemia de coronavírus.

Além de Santa Catarina, estão na lista os governadores de São Paulo, João Dória, que decretou lockdown em seu estado, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, que restringiu a venda em supermercados alegando que alguns produtos não são essenciais.

Paraíba, Bahia, Rio Grande do Norte, Pernambuco, Mato Grosso, Pará, Distrito Federal, Alagoas, Minas Gerais, Ceará, Sergipe, Goiás, Maranhão, Amazonas, Paraná, Espírito Santo e Rio de Janeiro são os outros estados da lista .