Esplanada

Leandro Mazzini é jornalista, escritor e pós-graduado em Ciência Política pela UnB. Iniciou carreira em 1994 e passou pelo Jornal do Brasil, Gazeta Mercantil, Correio do Brasil, Agência Rio, entre outros. O blog é editado por Mazzini com colaboração de Walmor Parente e equipe de Brasília, Recife e São Paulo.


Desfile militar na Esplanada provoca rejeição a Bolsonaro

Congressistas dizem que passagem de tanques ocorreu em má hora para o cenário político

O esperado desfile militar com blindados e veículos das Três Forças Armadas hoje pela Esplanada em Brasília, não programado, surgiu em má hora. Para congressistas ouvidos pela Coluna – da base e oposição – foi uma demonstração desnecessária de um poderio bélico que o Brasil não tem, e que só piora a relação do presidente Jair Bolsonaro com o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal.

A despeito do tradicional treinamento militar realizado em Goiás, destino da tropa, a passagem pela capital é inédita.

O jeito Bolsonaro de atuar rende discretas rejeições nas relações bilaterais. Daí o presidente recorrer a telefonemas para outros presidentes. Não se trata de restrição a viagens pela pandemia do Covid-19. Chefes de Estado estão evitando receber o brasileiro, conta fonte do Itamaraty.

Tem dedos do ministro palaciano e general Braga Netto nesse desfile. O grupo político de Bolsonaro já indica que o militar guardião do palácio será vice na chapa presidencial.

A Marinha procurou o Governo do Distrito Federal (GDF) pedindo autorização prévia para o desfile, e foi concedida.

Tá na dele

O atual vice-presidente, general Hamilton Mourão (PRTB), quieto e estrategista, evita holofotes. Mas pode sair candidato ao Senado pelo Rio Grande do Sul.

Dançou

Quem muito sonhou e começou articulação para ser vice de Bolsonaro é a ministra da Família, Damares Alves – mas ela recuou por motivos ainda não explicados.

Gafe inaugural

Faltou energia ontem no meio do discurso do governador Belivaldo Chagas na inauguração do mega centro de convenções de Aracaju, com ministro do Turismo e outras autoridades na plateia. Sem graça, quando a luz acendeu, ele culpou a companhia de energia citando “problemas externos”.

Grita internacional

O jornalista bolsonarista Oswaldo Eustáquio desembarcou na Costa Rica para denunciar a prisão do deputado federal Daniel Silveira (RJ) à Corte Interamericana de Direitos Humanos. Cita que a prisão, decretada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes, é inconstitucional. Silveira surgiu em vídeo atacando e ameaçando ministros do Supremo.

Patrão & empregados

Jerônimo Goergen começa esta semana a agendar reuniões com classes patronais e sindicatos. Ele foi escolhido relator do PL que prorroga desoneração da folha de pagamentos ate 2026. Tem ciência da importância do projeto para resguardar o patronato em tempos difíceis, e principalmente segurar os empregos.

Mais um

Surgiu no cadastro do Tribunal Superior Eleitoral o Partido Defensores, com CNPJ 42.926.744/0001-81 registrado em Brasília.

Direitão vem aí

Brasília sediou domingo uma reunião com a presença de vários pré-candidatos da direita conservadora e pró-vida a vagas eleitorais ano que vem.

Garimpo

O deputado federal Márcio Labre, do Rio de Janeiro, vai trocar o PSL pelo PTB. A ofensiva de Roberto Jefferson sobre parlamentares é nacional.

Loading...