Domingo é marcado por manifestações contra STF e lockdown em SC

Mobilização ocorreu em municípios de Santa Catarina e em grandes cidades brasileiras, a exemplo de São Paulo, Rio de Janeiro e Salvador

Este domingo (14) foi marcado por uma série de manifestações em carreata por diversas cidades brasileiras. A mobilização também ocorreu em grandes municípios de Santa Catarina, como Florianópolis, Joinville, Criciúma, Chapecó e Balneário Camboriú.

Manifestações contra STF e lockdown em Chapecó neste domingo (14)A decisão de anulação foi do ministro Edson Fachin e ocorreu na última segunda-feira (8). – Foto: Rodrigo Gonçalves/NDTV Chapecó

As pessoas foram às ruas questionando decisões do STF e a possibilidade de um lockdown mais severo em Santa Catarina. Veja abaixo como foram os protestos nas cidades catarinenses.

Florianópolis

Na Capital catarinense, o ato foi realizado na avenida Beira-mar Norte. A Polícia Militar informou que aproximadamente 400 veículos participaram.

Manifestações em FlorianópolisCarreata na avenida Beira-Mar Norte, em Florianópolis, neste domingo (14) – Foto: Redes Sociais/Reprodução/ND

A principal indignação dos manifestantes com o STF é em relação às decisões do ministro Edson Fachin, que anularam as condenações do ex-presidente Lula. Agora o ex-presidente tem a possibilidade de participar das eleições gerais de 2022.

A carreata em Florianópolis também passou pela Casa D’Agronômica, residência oficial do governador do Estado, Carlos Moisés (PSL). Outra característica dos protestos é a contrariedade à decretação de lockdown.

Blumenau

Em Blumenau, no Vale do Itajaí, cerca de 300 pessoas se reuniram, a partir das 14h em frente ao 23º Batalhão de Infantaria do Exército. Lá, as manifestações incluíram na pauta o pedido de intervenção militar.

Manifestações em BlumenauManifestantes de reúnem em frente ao batalhão do Exército para pedir intervenção militar em Blumenau – Foto: Stêvão Limana/NDTV

Assim como nos demais protestos, os manifestantes portavam bandeiras do Brasil, usavam roupas com as cores da bandeira e exibiam cartazes.

Entre o conteúdo dos cartazes em Blumenau: “Supremo é o povo”, “O poder emana do povo”, “Faxina no STF e no Congresso”.

Joinville

Dezenas de pessoas foram às manifestações em Joinville, cidade mais populosa do Estado. Houve carreata com buzinaço da Arena Joinville, até o 62º Batalhão de Infantaria do Exército, no bairro Atiradores. Parte dos manifestantes se uniu ao grupo cavalgando.

Domingo de manifestação contra o STF em Joinville – Foto: Dani Lando/NDTVDomingo de manifestação contra o STF em Joinville – Foto: Dani Lando/NDTV

Criciúma

Em Criciúma, no Sul do Estado, também houve manifestação e cerca de 20 pessoas participaram. O grupo se reuniu em frente ao 28º GAC (Grupo de Artilharia de Campanha) do Exército, depois saiu em carreata. Houve foguetório.

Manifestações em CriciúmaGrupo de manifestantes em Criciúma fez concentração em frente ao Exército. – Foto: Beatriz Coan/Divulgação/ND

Chapecó

Na manifestação desta tarde em Chapecó, no Oeste, um dos cartazes dizia: “o lockdown vai matar mais que o vírus. Chega de palhaçada com o povo.”

Faixas com escritas de reivindicação também foram expostas na principal avenida do maior município do Oeste. – Foto: Rodrigo Gonçalves/NDTV ChapecóFaixas com escritas de reivindicação também foram expostas na principal avenida do maior município do Oeste. – Foto: Rodrigo Gonçalves/NDTV Chapecó

Balneário Camboriú

Protestos também ocorreram em Balneário Camboriú, com carreata e buzinaço.

Pelo Brasil, as manifestações foram realizadas no Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Distrito Federal, Recife, Campo Grande e Salvador.

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.

+

Política Brasileira