Bolsonaro apresenta melhora clínica, mas segue sem previsão de alta, diz boletim

O golpe no abdômen do candidato foi profundo, atingiu várias partes do intestino e uma veia

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Boletim médico divulgado pelo hospital Albert Einstein na manhã deste domingo (9) informa que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que recebeu uma facada durante ato de campanha na quinta-feira (6), apresenta melhoria clínica, especialmente no quadro abdominal.

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, segue internado após facada - Foto @FlavioBolsonaro
O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, segue internado após facada – Foto @FlavioBolsonaro

O golpe no abdômen do candidato foi profundo, atingiu várias partes do intestino e uma veia.

O boletim também afirma que Bolsonaro continua sem apresentar sinais de infecção. Desde sábado (8) o presidenciável começou a passar tempo sentado em uma poltrona e também a caminhar por alguns minutos pelo quarto. Esses procedimentos ajudam a acelerar a recuperação do funcionamento do intestino e a reduzir riscos de trombose e de complicações pulmonares.

Bolsonaro continua sendo alimentado por sonda e ainda não tem previsão de alta do hospital.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Eleições nacionais

Loading...

Bolsonaro apresenta melhora clínica, mas segue sem previsão de alta, diz boletim

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) – Boletim médico divulgado pelo hospital Albert Einstein na manhã deste domingo (9) informa que o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), que recebeu uma facada durante ato de campanha na quinta-feira (6), apresenta melhoria clínica, especialmente no quadro abdominal.

O golpe no abdômen do candidato foi profundo, atingiu várias partes do intestino e uma veia.

O boletim também afirma que Bolsonaro continua sem apresentar sinais de infecção. Desde sábado (8) o presidenciável começou a passar tempo sentado em uma poltrona e também a caminhar por alguns minutos pelo quarto. Esses procedimentos ajudam a acelerar a recuperação do funcionamento do intestino e a reduzir riscos de trombose e de complicações pulmonares.

Bolsonaro continua sendo alimentado por sonda e ainda não tem previsão de alta do hospital.

+

Política

Loading...