Altair Magagnin

altair.magagnin@ndmais.com.br Não é só sobre política. É sobre o impacto das decisões públicas na tua vida. Jornalista profissional com experiência multimídia, acompanha os bastidores do poder e traz análises e notícias exclusivas. Siga @altamagagnin nas redes.


Cid Gomes falou verdades inconvenientes aos petistas e jogou pá de cal em Fernando Haddad

A fala é tratada como a pá de cal nas pretensões de Fernando Haddad

Senador eleito pelo Ceará, Cid Gomes (PDT) falou algumas verdades inconvenientes que nenhum petista gostaria de ouvir, muito menos em um comício do candidato ao segundo turno. A fala da noite de segunda-feira (15) do irmão do candidato derrotado à Presidência, Ciro Gomes (PDT) – já exibida no programa eleitoral de Jair Bolsonaro (PSL) e viralizada nas redes sociais – é tratada como a pá de cal nas pretensões de Fernando Haddad (PT).

Há vários fatores que corroboram com essa avaliação. Bolsonaro disparou nas pesquisas – ainda que elas tenham caído em descrédito. Com menos de duas semanas de prazo, Haddad precisaria tirar uma diferença estimada em 20 milhões de votos. Cid enfraqueceu de maneira significativa a “Frente Democrática” que o petista procurava articular. É necessário um importante fato novo para reverter a eleição presidencial, o que não está no horizonte até o momento. Bolsonaro conseguiu o mais difícil e inimaginável, que foi emprestar o seu capital político para a eleição de deputados federais, estaduais e senadores pelo país. E ainda tem alguns candidatos ao governo no páreo. Essa é a tal “onda/tsunami” que se convencionou dizer.

É claro que Cid Gomes aproveitou para descontar a raiva do isolamento político imposto ao projeto do irmão, articulado pelo ex-presidente Lula. Mas, o que Cid disse? Nada além do óbvio. Que Bolsonaro é fruto do PT e emergiu pelo desgaste do partido de Lula. Sim, o PT deixou legados importantes após 13 anos no poder, mas o senador cearense não teve pudor de escancarar a arrogância petista, que não admite erros, e pagará, nas palavras dele, com a derrota na eleição à Presidência. Em meio à repercussão do discurso, nesta terça-feira (16), em entrevista, Cid arrematou: “não pode achar que o povo está errado e a gente está certo”.

O que Cid Gomes disse? 

“Eu conheço Haddad, é uma boa pessoa.” 

“Tem que pedir desculpa, tem que ter humildade, e reconhecer que fizeram muita besteira.”

“O teu tipo [apontando para o eleitor que gesticulava negativamente (foto)], que acha que fez tudo certo, vão perder feio. Porque aparelharam as repartições públicas, porque acharam que eram dono de um país, e o Brasil não aceita ter dono, é um país democrático.” 

Cid Gomes - Reprodução/ND
Cid Gomes – Reprodução/ND

“Quem criou o Bolsonaro foram essas figuras, que acham que são donos da verdade, que acham que podem fazer tudo, que acham que os fins justificam os meios.” 

“Lula o quê? Lula tá preso, babaca. Isso é o PT. E o PT desse jeito merece perder.” 

“O Brasil está em uma encruzilhada. Dessa encruzilhada pode sair um mal terrível para o Brasil.”

Loading...