Cidade de SC escolhe novo prefeito neste domingo em eleição com auditoria internacional

O pleito na pequena Petrolândia, no Alto Vale do Itajaí, vai demonstrar a segurança do processo eleitoral brasileiro

Cinco municípios brasileiros elegem neste domingo (13) seus novos prefeitos  vice-prefeitos: Sidrolândia (MS), Nova Pata do Iguaçu (PR), Campestre (MG), Espera Feliz (MG) e Petrolândia, no Alto Vale do Itajaí, em Santa Catarina.

Entre os cinco, porém, a pequena Petrolândia, com seus 5,9 mil habitantes, fará mais do que eleger seus administradores para os próximos anos, pois o pleito da cidade servirá para mostrar ao mundo a integridade e segurança do processo eleitoral no Brasil.

Mai de 5,1 mil eleitores estão aptos para votar em Petrolândia – Foto: Reprodução/Alan Garcia/NDMai de 5,1 mil eleitores estão aptos para votar em Petrolândia – Foto: Reprodução/Alan Garcia/ND

A cidade passa novamente por um processo eleitoral porque a chapa que foi escolhida pela população em novembro de 2020 teve o registro indeferido pela Justiça Eleitoral, pois os eleitos, Rogério Domingos (PP), o Déio, e Selmo Klauberg (PSD), deixaram de apresentar documentos comprovando que não havia processos contra eles dentro do prazo adequado.

A eleição em Petrolândia será acompanhada por uma missão internacional de observadores de transparência eleitoral. É a primeira vez que uma eleição suplementar no Brasil recebe este tipo de análise.

São integrantes das ONGs(Organizações Não Governamentais) Transparencia Electoral e Caoeste (Conferencia Americana de Organismos Electorales Subnacionales por la Transparencia Electoral) que vão acompanhar o processo eleitoral na cidade catarinense e levar a experiência do Brasil para outros lugares do mundo.

Além do acompanhamento internacional, as urnas também passarão por um teste de integridade, o que vai demonstrar aos eleitores e aos auditores – tanto do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), quanto das ONGs internacionais – a segurança oferecida pelas urnas eletrônicas.

O teste de integridade, iniciado no sábado (12), vai demonstrar a segurança das urnas. O teste consiste em comparar os votos recebidos pela urna eletrônica com votos em cédula de papel, em uma votação paralela ao pleito oficial. Confira aqui todos os detalhes de como funciona o teste.

O dia da eleição

Vivendo pela segunda vez o clima de disputa política em menos de um ano, Petrolândia tem três candidatos concorrendo ao cargo de chefe do Executivo: Angela Adriana Krindges (MDB), Edson Silva Padilha (PODE) e Irone Duarte (PP).

Novas eleições em Petrolândia serão realizadas neste domingo (13) – Foto: Divulgação/Assessoria/NDNovas eleições em Petrolândia serão realizadas neste domingo (13) – Foto: Divulgação/Assessoria/ND

Os três disputam os votos dos 5.189 eleitores do município, que estão distribuídos em 21 seções nos cinco locais de votação definidos pelo TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral).

As seções foram abertas às 7h, com preferência para os eleitores acima de 60 anos até às 10h, por conta da pandemia de Covid-19. Os votos serão registrados até às 17h, quando a votação será encerrada. A previsão é que o resultado seja conhecido por volta das 18h. A apuração pode ser acompanhada pelo site do TSE neste link.

Conheça os observadores internacionais e auditores da eleição de Petrolândia:

Ann Miller Ravel

Advogada americana que integrou a Comissão Eleitoral Federal (FEC) – agência reguladora independente criada pelo Congresso americano para administrar e fazer cumprir o financiamento de campanhas. Ravel foi indicada pela administração do ex-presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, em 2013, e assumiu o cargo após confirmação unânime pelo Senado dos EUA. Foi presidente da Comissão em 2015 e vice-presidente em 2014. Atualmente, é professora na Universidade da Califórnia, na Escola de Direito de Berkeley. Também foi candidata à senadora pela Califórnia nas eleições de 2020.

Jesús Delgado Valery

Diretor de Desenvolvimento Institucional da Transparencia Electoral. Graduado em Relações Internacionais pela Universidade Central da Venezuela (UCV). Candidato a mestre em Estudos Eleitorais pela Universidade Nacional de San Martín (UNSAM). Participou e coordenou missões de observação eleitoral na Argentina, Chile, Paraguai, Espanha e México. Coautor da obra “É assim que você vota na Venezuela”. É colunista em diversas mídias da região.

Paula Gomes Moreira

Doutora em Relações Internacionais, na área de Política Internacional e Comparada, pela Universidade de Brasília (UnB). Atuou como pesquisadora no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e como observadora, coordenadora e consultora em missões de observação eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA) no Haiti, Nicarágua, Costa Rica, Paraguai e Equador. Atualmente é coordenadora para o Brasil na Caoeste, da Transparência Eleitoral América Latina e consultora na Organização Internacional de Migrações (OIM/ONU).

Valentina Cuevas       

Coordenadora do Observatório de Mulheres e Políticas da ONG Transparencia Electoral, no projeto Demo Amlat. Coordenadora de Programas de Promoção Democrática e do Observatório Legislativo de Cuba. Graduada em Relações Internacionais. Assessora política e legislativa – Concejo Deliberante de Santiago del Estero (UCR).

Nicolás E. Noyola

Coordenador do projeto da Secretaria Técnica da Equipe de Promoção da Reforma da Administração Pública (EIRFP). Coordenador nacional do Fórum Nacional de Cidadãos das Américas, marco do projeto de Participação da Sociedade Civil na Cúpula das Américas (Pasca), de El Salvador. Diretor de Governo Aberto e de Integração Centro-Americana, da Associação por um Futuro Aberto. Coordenador do Nodo Nacional Anticorrupção (NNA), da Organização dos Estados Americanos (OEA), Cúpula El Salvador.

Teste de integridade da urna em Petrolândia teve início no sábado (12) e segue durante o domingo (13), dia da eleição – Foto: TRETeste de integridade da urna em Petrolândia teve início no sábado (12) e segue durante o domingo (13), dia da eleição – Foto: TRE

Comissão de Auditoria de Funcionamento das Urnas

  • Presidente: Juiz Marcelo Pons Meirelles
  • Secretário: Gonsalo Agostini Ribeiro – servidor da Justiça Eleitoral
  • William Leonardo dos Santos – servidor da Justiça Eleitoral
  • Fábio José Soar – advogado
  • André Stefani Bertuol – Procurador Regional Eleitoral
  • Felipe França – advogado
  • José dos Santos Júnior – advogado
  • Rui César Voltolini – advogado
  • Antonio Naschenweng Neto – advogado

Confira a cobertura completa do Grupo ND e acompanhe a eleição em Santa Catarina durante todo o domingo (13):

>> Cidade de SC terá nova eleição para prefeito em junho

>> Eleições municipais de cidade de SC terão auditoria e observadores internacionais

>> Conheça os candidatos que vão disputar eleição com auditoria internacional em SC

>> Entenda o teste de integridade das urnas eletrônicas

Participe do grupo e receba as principais notícias
de Blumenau e região na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...