Geraldo Alckmin promete salário mínimo acima da inflação

O presidenciável voltou a se comprometer com o seguro renda. Afirmou que vai aumentar a participação do governo na subvenção do prêmio do seguro, chegando a R$ 1 bilhão

FOLHAPRESS – O candidato à Presidência pelo PSDB, Geraldo Alckmin, disse que, se for eleito, sua política de salário mínimo vai garantir crescimento acima da inflação.

“Não terá desvinculação do salário mínimo e da Previdência. Só o salário mínimo tem que repor a inflação e ter um canho de crescimento na economia. Tem que crescer um pouco acima do processo inflacionário”, afirmou em entrevista após sabatina da CNA (Confederação Nacional da Agricultura).

Na conversa com os jornalistas, o presidenciável voltou a se comprometer com o seguro renda. Afirmou que vai aumentar a participação do governo na subvenção do prêmio do seguro, chegando a R$ 1 bilhão.

Ao falar de política, o tucano minimizou o fato de integrantes de partidos aliados estarem declarando voto em seus adversários. É o caso do presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), que apoia o ex-presidente Lula (PT).

“Nossa aliança é de oito partidos. Evidente que pode ter lideranças, candidatos que apoiem outros candidatos. Como também tem candidatos de outros partidos, que não da nossa coligação, que nos apoiam.

Questionado sobre seu principal adversário no campo da direita, Jair Bolsonaro (PSL), ele afirmou não ter acompanhado a entrevista do capitão reformado ao Jornal Nacional, na noite de terça-feira (28), e se disse contra o machismo.

O candidato foi perguntado ao menos três vezes sobre a situação da Venezuela e a atuação do governo Michel Temer na fronteira, mas se recusou a responder.