Observadores internacionais que vão acompanhar eleição já estão em SC

Pleito suplementar de Petrolândia terá auditoria inédita para avaliar a segurança das urnas eletrônicas

Os observadores internacionais que vão acompanhar as eleições suplementares de Petrolândia, no Vale do Itajaí, no próximo domingo (13) já estão em Santa Catarina.

Até o dia da eleição o grupo cumpre uma agenda que visa conhecer o sistema eleitoral no Estado e iniciar os procedimentos de auditoria.

Observadores internacionais em visita a Alesc – Foto: Vicente Schmitt/Agência ALObservadores internacionais em visita a Alesc – Foto: Vicente Schmitt/Agência AL

Os cinco integrantes das Organizações Não Governamentais (ONGs) Transparencia Electoral e Conferencia Americana de Organismos Electorales Subnacionales por la Transparencia Electoral (Caoeste) que vão acompanhar pela primeira vez a eleição no Brasil conheceram na manhã desta quinta-feira (10) a sede da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina) e têm uma programação intensa durante a tarde.

Ainda nesta quinta eles irão ao Tribunal de Justiça, à sede da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e, por fim, ao TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral).

No TRE o grupo vai conhecer o Centro de Memória Desembargador Adão Bernardes, que abriga a história da Justiça Eleitoral catarinense, e assistir à sessão plenária da Corte.

Painel sobre eleições

Na sexta-feira (11), o grupo participa do evento Integridade Eleitoral: Observação das eleições suplementares de Petrolândia, promovido pela Escola Judiciária Eleitoral (EJESC). O evento, onde os observadores serão apresentados ao sistema eleitoral brasileiro, ocorre na Sala de Sessões do TRE-SC, das 9h30 às 16h, respeitando todas as normas sanitárias vigentes em razão da pandemia de Covid-19.

A transmissão será feita ao vivo pelo canal do TRE-SC no YouTube pela manhã e à tarde e os interessados em receber certificado de participação podem fazer a inscrição aqui. O link para confirmação da frequência será disponibilizado na descrição do vídeo no YouTube, durante cada etapa da programação.

Auditoria começa no sábado

No sábado (12), os observadores participam do sorteio das urnas eletrônicas que serão submetidas à auditoria de verificação da autenticidade e integridade dos sistemas instalados e à auditoria de funcionamento em condições normais de uso.

O sorteio acontece às 15h no Colégio Estadual Hermes Fontes, em Petrolândia. Os observadores permanecem na cidade e vão acompanhar o andamento das eleições durante todo o domingo (13) no Vale do Itajaí.

Observadores internacionais em visita a Alesc &#8211; Foto: Vicente Schmitt/Agência AL<span style="font-family: Merriweather, 'Lucida Sans Unicode', serif; font-size: 20px;">   </span>Observadores internacionais em visita a Alesc – Foto: Vicente Schmitt/Agência AL   

Por que Petrolândia terá novas eleições?

No próximo dia 13 de junho moradores de Petrolândia, no Alto Vale, voltarão às urnas para eleger prefeito e vice. Os candidatos eleitos em novembro do ano passado, Rogério Domingos, o Déio, e Selmo Klauberg tiveram os registros de candidatura indeferidos porque deixaram de apresentar documentos do Tribunal de Contas no registro da candidatura.

Em entrevista ao Grupo ND, o presidente do TRE-SC, desembargador Fernando Carioni, explicou como se dará o processo de auditoria nas novas eleições do município. É a primeira vez que esse tipo de procedimento acontece no país em uma eleição suplementar municipal.

A auditoria – que se chama na verdade “Teste de Integridade” – tem o objetivo de testar a segurança na captação e contagem do voto pela urna eletrônica e comprovar que o voto digitado é exatamente aquele que será contabilizado.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
+

Eleições nacionais