Primeiro turno das eleições em SC ocorreu dentro da normalidade, diz presidente do TRE

Desembargador Ricardo Roesler destacou alguns casos de crimes eleitorais, porém considerou o pleito tranquilo

O Presidente do TRE-SC (Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina), desembargador Ricardo Roesler, disse que as eleições no primeiro turno ocorreram dentro da
normalidade prevista, no Estado.

Dentre as 153 ocorrências policiais, com 73 prisões de eleitores, o desembargador destacou o caso da prisão do Prefeito de Governador Celso Ramos por realização de
boca de urna, e a destruição de uma urna eletrônica a marretadas, em Morro da Fumaça. Nessa última ocorrência, a urna foi trocada e os votos já realizados no equipamento destruído foram computados, já que a mídia foi preservada.

Eleições no primeiro turno no Estado ocorreram dentro da normalidade prevista - Marco Santiago/ND
Eleições no primeiro turno no Estado ocorreram dentro da normalidade prevista – Marco Santiago/ND

O Presidente do TRE também lamentou a prisão em flagrante de duas pessoas, em Criciúma, no Sul do Estado, pela compra de votos. “No entanto, excetuando esses casos e considerando um universo de 5 milhões e 70 mil eleitores e o  número de seções eleitorais, podemos dizer que foram eleições tranquilas” , avalia o desembargador.

Em todo o Estado, 587 presos provisórios compareceram às urnas nas 17 seções instaladas em presídios de Santa Catarina.

Problemas nas urnas

Segundo informações da Secretaria de Tecnologia da Informação do TRE-SC, foram registradas 128 ocorrêcias com urnas eletrônicas e 66 precisaram ser trocadas, um percentual de 0,4% de todas as urnas utilizadas no Estado. A votação segui normalmente após a troca dos equipamentos e todos os votos foram contabilizados normalmente. Não houve votação manual.

O desembargador disse que houve uma denúncia de fraude nas urnas na Udesc (Universidade do Estado de Santa Catarina), onde eleitores de uma seção reclamaram do fato de não aparecer a foto do candidato votado antes de finalizar a votação. Juízes e representantes da Justiça Eleitoral foram ao local (além de compareceram a diversas seções eleitorais em que foram registradas reclamações) e constataram que a votação estava ocorrendo normalmente. De acordo com o TRE, a digitação do número do candidato, seguida rapidamente da tecla “confirma”, pode encerrar a votação antes da exibição da foto, mas o voto é contabilizado independentemente da exibição ou não da imagem do candidato.

Apuração

A apuração foi concluída às 21h04 no Estado, incluindo os resultados para a presidência da República. Isso porque há uma diferença de duas horas no fuso horário
do Acre, onde a votação só termina às 19h (do horário de verão).

Em Santa Catarina, foram eleitos dois senadores, 16 deputados federais e 40 estaduais. A votação para governador terá segundo turno em Santa Catarina, disputado
entre Gelson Merísio (PSD) e Comandante Moisés (PSL), no próximo dia 28 de outubro.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...