TSE aprova registro de candidatura de Bolsonaro

O candidato responde a um processo por injúria e apologia ao estupro

BRASÍLIA, DF (FOLHAPRESS) – O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) aprovou na manhã desta quinta-feira (6) o registro de candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República.

O pedido havia sido contestado por um advogado, que alegou que, por ser réu no STF (Supremo Tribunal Federal), Bolsonaro não poderia ocupar a Presidência. Ele responde a um processo por injúria e apologia ao estupro.

No entanto, por unanimidade, os ministros entenderam que ele se enquadra nos quesitos de elegibilidade. A lei da Ficha Limpa barra políticos condenados, não réus.

Agora, 12 dos 13 candidatos à Presidência que pediram registros ao TSE estão oficialmente na corrida eleitoral.

A única candidatura indeferida é do ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva. Seus advogados recorrem da decisão da corte.

+

Eleições nacionais

Loading...