Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Impeachment: Libelo contra Carlos Moisés no Tribunal de Julgamento

Requerimento pede oitivas e documentos da Alesc e Secretaria da Fazenda

Seis dos autores do pedido de impeachment do governador Carlos Moisés da Silva sobre a fraude dos respiradores entraram com “Libelo acusatório” perante o Tribunal Especial de Julgamento.  O requerimento é liderado pelo advogado Bruno Oliveira Carreirão, o primeiro a se pronunciar  durante a sessão realizada dia 26 de março.

A acusação faz um resumo das irregularidades apontadas, em 23 considerandos que citam a cronologia dos acontecimentos envolvendo o governador e acusando-o de crime de responsabilidade por omissão.

Solicita, em seguida, a oitiva das servidoras Clarice Ribeiro da Rosa e Débora Brun, ambas da Secretaria Estadual da Saúde.

Requer, também, que seja enviado ofício a Assembleia Legislativa para que disponibiliza aos julgadores o depoimento integral de Clóvis Renato Squio, Gerente da Controladoria Geral do Estado.

Pretende obter da Ciasc-Companhia de Informática de Santa Catarina- todos os acessos relacionado ao processo dos respiradores.

Reivindica, ainda, oficio a empresa Softplan para que faça rastreamento do processo ilícito relativo a compra e pagamento antecipado dos respiradores.

E, finalmente, oficio a Secretaria da Fazenda para que apresente todos os documentos relacionados com os dois pagamentos de R$ 16.500.000,00, pelos respiradores que nunca chegaram.

Expectativa agora sobre as decisões a serem tomadas pelo presidente do Tribunal, desembargador Ricardo Roesler, sobre o conteúdo do libelo e dos pedidos nele contido.

*

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.