Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Iprev informa que despesas com previdência subiram 612% em 10 anos

Dados do Instituto de Previdência fazem projeções impactantes

O governador Carlos Moisés da Silva anunciou que a reforma da previdência dos servidores públicos precisa ser aprovada logo porque 2022 é ano eleitoral.
Durante entrevista virtual concedida aos repórteres e colunistas dos veículos do grupo ND foi claro ao afirmar que se não houver reforma “a previdência vai quebrar”.
Participou da entrevista o secretário da Casa Civil, Eron Giordani, que vem negociando os termos do projeto com os deputados, os poderes e setores da administração pública. Ele informou que a estratégia prevê a tramitação do projeto de forma conjunta pelas três comissões técnicas da Assembleia Legislativa, o que vai agilizar a apreciação da matéria.
Presente no evento, também, o presidente do Iprev, Marcelo Mendonça, que falou sobre a situação da previdência, as novas regras e .
Divulgou os números da previdência dos servidores catarinenses.
Os dados são considerados impactantes. Em 10 anos, por exemplo, a despesa com previdência teve crescimento de 612%. O Tesouro do Estado, no mesmo período, destinou 36 bilhões de reais para cobrir o déficit previdenciário.
Uma das transparências revelou que o déficit previsto para este ano é de 5 bilhões de reais, ou 416 milhões de reais por mês.
Outro quadro revela que o Estado tinha 47.625 servidores ativos e 59.199 aposentados. Hoje o número de inativos é superior a 60.000.

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.
Loading...