Jair Bolsonaro em SC: “Minha gratidão por vocês é imensa”

O presidente visitou a Capital do Estado e, na Universidade Corporativa da Polícia Rodoviária Federal, participou da entrega de 225 veículos aos municípios de SC

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) esteve em Florianópolis na tarde desta quinta-feira (4). Ele participou da cerimônia de entrega de 225 veículos, doados a 135 municípios do Estado, em evento realizado na UniPRF (Universidade Corporativa da Polícia Rodoviária Federal).

Jair Bolsonaro em Florianópolis, na cerimônia de entrega de 225 veículos a SCO Presidente Jair Bolsonaro (sem partido) esteve em Florianópolis nesta quinta-feira (4) e pousou para foto em um dos veículos doados via emenda para os municípios de SC – Foto: Leo Munhoz/ND

Os veículos entregues às prefeituras de SC são destinados às estruturas do MobSuas (Mobilidade dos Sistemas Únicos de Assistência Social). Eles podem ser oferecidos a equipamentos públicos-estatais e também a entidades privadas sem fins lucrativos

O evento teve a participação da maioria dos 16 deputados federais da bancada catarinense e dos três senadores de SC Dário Berger (MDB), Esperidião Amin (Progressistas) e Jorginho Mello (PL).

O governador do Estado, Carlos Moisés (PSL), e o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM), também estiveram no evento.

Três ministros de Estado acompanharam a visita de Jair Bolsonaro a FlorianópolisTrês ministros de Estado acompanharam a visita de Jair Bolsonaro a Florianópolis nesta quinta-feira (4), entre os quais, Onyx Lorenzoni, Ministro da Cidadania. – Foto: Leo Munhoz/ND

Ministros de Bolsonaro, a exemplo de Onyx Lorenzoni (Ministério da Cidadania) e dos generais Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo da Presidência da República) e Augusto Heleno (Gabinete de Segurança Institucional do Brasil), também participaram do evento presidencial em Florianópolis.

De Brasília, também vieram os deputados federais Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) e Hélio Lopes (PSL-RJ).

Bolsonaro agradeceu a recepção dos catarinenses

Em sua fala, a última durante o evento, que durou pouco mais de uma hora, Bolsonaro agradeceu o apoio dos catarinenses presentes no evento. Ele disse que, em Santa Catarina, saiu na dianteira nas eleições de 2018, quando sagrou-se presidente da República.

Gean Loureiro, Jair Bolsonaro e Carlos Moisés, de mãos dadasO presidente Jair Bolsonaro (sem partido) testemunhou o aperto de mão do prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (DEM) e do governador do Estado Carlos Moisés (PSL) – Foto: Leo Munhoz/ND

“Tenho um carinho muito especial por todos vocês. Muitos parlamentares na época da corrida presencial acreditaram em mim, de modo que a minha gratidão por vocês é imensa. Mais do que qualquer coisa, para mim, vir aqui é ver vocês”, disse o presidente sob aplausos.

O governador Carlos Moisés falou minutos antes do presidente Bolsonaro. Ele destacou que a Polícia Federal tem sido parceira do governo de SC e, em seguida, agradeceu o investimento que a área de assistência social recebeu nesta quinta.

“Esse gesto do governo federal de vir entregar veículos para a assistência social, para melhorar a vida das pessoas, diminuir o sofrimento, é importante e indica para onde está indo o governo do Brasil”, destacou Moisés.

Carlos Moisés discursa, com bandeiras ao fundo e intérprete de libras ao ladoO governador de SC, Carlos Moisés (PSL), agradeceu o gesto do governo federal – Foto: Leo Munhoz/ND

As entregas totalizam R$ 11,63 milhões, repassados pelo governo federal por meio de uma emenda de bancada que totaliza R$ 26,4 milhões. A expectativa é de que sejam entregues, ainda, mais 101 veículos, sendo 61 carros e 40 micro-ônibus.

Segundo o deputado federal Daniel Freitas (PSL), a entrega celebra uma iniciativa inédita do Fórum Parlamentar Catarinense, em parceria com o Ministério da Cidadania.

“Quero ressaltar que isso demonstra a unidade dos deputados federais e senadores de Santa Catarina, na busca de recursos e da implementação de projetos estruturantes para o nosso Estado, um grande trabalho conjunto que faço questão de agradecer e parabenizar”, destacou o deputado.

Apoiadores viveram a expectativa de ver o presidente

O voo presidencial que trouxe Bolsonaro a Florianópolis aterrissou perto das 14h no aeroporto Hercílio Luz. Logo após o desembarque, um comboio de segurança acompanhou o presidente até a sede da UniPRF. Ele não teve contato com apoiadores no aeroporto, onde cerca de 10 pessoas o aguardavam.

É o caso de Elisabeth Goulart, de 61 anos, de Florianópolis. Ela disse que adora o presidente e estava ansiosa para vê-lo. O sonho não se realizou, mas ela manifestou seu apoio a Bolsonaro.

Três pessoas no terraço panorâmico do aeroporto de FlorianópolisJoão, Elisabeth e Ronaldo, apoiadores de Bolsonaro, aguardando a chegada do presidente no Aeroporto Internacional Hercílio Luz, em Florianópolis – Foto: Nícolas Horácio/ND

“Acho ele uma pessoa honesta, guerreira, patriota e está colocando o Brasil nos eixos. Queria dizer que estou torcendo por ele. É uma pessoa de Deus”, disse Elisabeth.

O marido dela, Ronaldo Souza, de 56 anos, é representante comercial, outro apoiador do presidente que foi ao aeroporto tentar um mínimo contato.

“Votei nele, acho que está acabando com a corrupção do país e espero que consiga ainda mais com a mudança dos presidentes da Câmara e do Senado”, disse Ronaldo.

O irmão de Ronaldo, João Bento de Souza Filho, de 52 anos, também estava lá. Ele participou, em Balneário Camboriú, da construção do partido que o presidente tenta criar, o Aliança pelo Brasil, e acredita que o presidente está trabalhando para mudar a política do ‘toma-lá-dá-cá’.

Já Edilson, de 62 anos, estava apenas de passagem pelo aeroporto e soube que o presidente, que ele apoia, estava em Florianópolis. Ele, a irmã e a mãe, que são de Balneário Camboriú, acompanharam a chegada do avião.

Edilson Carneiro, com o avião presidencial ao fundo, no aeroporto de FlorianópolisEdilson Carneiro, de Balneário Camboriú, estava apenas visitando o aeroporto e teve a surpresa de saber que o presidente que ele apoia estava passando no local – Foto: Nícolas Horácio/ND

“Tivemos duas surpresas: conhecer o aeroporto novo e encontrar o meu presidente. Acreditamos na proposta dele”, comemorou o apoiador.

O jovem Erbert Santos, 19 anos, trabalha na limpeza do aeroporto e também tirou um tempinho para espiar a chegada do presidente. Ele e o irmão são apoiadores de Bolsonaro. O pai deles, não.

Elizabeth Goulart, mulher de camisa preta e máscara verde e amarelaElizabeth Goulart, de 61 anos, não realizou o sonho de ver o presidente pela primeira vez – Foto: Nícolas Horácio/ND

“Sempre houve um conflito entre mim e meu pai. A gente acha certo muitas coisas que ele [Bolsonaro] fala, então, apoiamos muito o presidente. Meu pai, não, ele é um esquerdista”, disse Erbert.

Embora nenhum deles tenha conseguido ver o presidente de perto, o simples fato de acompanhar a chegada do avião foi motivo de euforia para todos.

A mais alegre era Elisabeth, que fez diversas piadas enquanto aguardava a chegada do presidente: “Temos que sorrir”, disse a apoiadora.

Antes de chegar na Capital de SC, Bolsonaro cumpriu agenda em Cascavel (PR), onde inaugurou o CNTA (Centro Nacional de Treinamento de Atletismo).

Bolsonaro anunciou, no evento da UniPRF, a realização da live, na noite desta quinta-feira (4), com o diretor presidente da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), o contra-almirante Antônio Barra Torres. A transmissão foi pelo Instagram do presidente.

Acesse e receba notícias da Grande Florianópolis pelo WhatsApp do ND+

Entre no grupo
+

Política Brasileira