Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC. Integrante da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Manifesto: Os democratas de araque

Líderes políticos unem-se numa mixórdia partidária: ao invés de enfrentarem o Covid, miram as eleições de 2022

Luiz Henrique Mandetta é o ministro da Saúde que mandou todo mundo ficar em casa esperando o agravamento do coronavirus e só procurar o hospital para intubação. E morte! Pregou isolamento e, na saída, desmoralizou o discurso abraçando e beijando os assessores no gabinete.

João Dória é o governador que mais decretou lockdown  no Estado que registra maiores índices de hospitalização e mortes.  Fechou tudo e se mandou para curtir férias em Miami.  Retornando, mandou a Policia prender cadeirantes, vendedores autônomos, etc. Hoje tem que se refugiar no Palácio dos Bandeirantes para fugir de protestos populares.

Luciano Huck, vitorioso apresentador, queridinho de FHC, com presença zero na atividade política, lança-se o aventureiro da República.

Ciro Gomes, prefeito de Fortaleza que começou filiado ao partido do regime militar, passou pelo PMDB, PSDB, PPS, PSB, foi ministro do PT e agora no PDT, o demolidor.  É conhecido como vira-casaca.

Edison Leite, o governador tucano que agride os direitos do povo gaúcho, decidindo até o que os consumidores podem comprar nas gondolas dos supermercados, veste-se de novo tiranete.

João Amoedo, o liberal milionário que combateu as esquerdas e agora se une aos oportunistas para defender corruptos, abre cova para o Novo.

Estes democratas de araque, todos pré-candidatos a Presidência, se unem nesta mixórdia para dizer que a Democracia está ameaçada no Brasil.

Não disseram uma única palavra sobre a ditadura do Judiciário, nem as tiranias que praticam por si ou por seus fisiológicos aliados.

O ridículo Manifesto que os uniu teve o destino adequado: o lixo.

A pandemia está uma catástrofe nacional porque estes e outros políticos não pensam no povo.  De olho no umbigo, só agem pelos próprios interesses eleitorais.  São todos os novos democratas de araque!

*

Participe do grupo e receba as principais notícias
da Grande Florianópolis na palma da sua mão.

Entre no grupo Ao entrar você está ciente e de acordo com os
termos de uso e privacidade do WhatsApp.