Moacir Pereira

Notícias, comentários e análises sobre política, economia, arte e cultura de Santa Catarina com o melhor comentarista politico de Santa Catarina. Fundador do Curso de Jornalismo da UFSC, da Academia Catarinense de Letras e do Instituto Histórico e Geográfico de Santa Catarina, é autor de 53 livros publicados.


Mapa politico de SC muda: 16 partidos governarão os 295 municípios

Adriano Silva e Mário Hildebrandt começam a definir equipes nas prefeituras de Joinville e Blumenau

A eleição do empresário Adriano Bornschein, novo prefeito de Joinville, e a reeleição de Mário Hildebrandt, em Blumenau, mudaram o cenário politico de Santa Catarina. Em Blumenau, Hildebrandt foi beneficiado pela gestão e por uma tradição política. Os prefeitos Décio Lima, do PT, João Paulo Kleinubing, do DEM, e Napoleão Bernardes, na época no PSDB, também foram reeleitos.
Em Joinville, o eleitor optou pelo Novo, que rejeita o uso do Fundo Eleitoral, dinheiro público, o candidato tem serviços prestados como voluntário e líder empresarial, e representa a descendência alemã.
A partir de 1º de janeiro de 2021, os 295 municípios serão governados por 16 partidos políticos diferentes.
O segundo turno ampliou o número de prefeituras do Podemos de duas para três e colocou o Novo no mais importante município do Estado e o único prefeito eleito em todo o Brasil.
O domingo foi um marco na história politica do Estado, com vários registros importantes:
– A eleição foi absolutamente tranquila nos dois municípios, sem qualquer registro policial;
– A abstenção aumentou, como se previa, batendo recordes, com
28,36% em Joinville e 31,04% em Blumenau.
– Resultado do calor, da pandemia, do desinteresse pela politica e
pelas facilidades na justificativa da ausência pelo aplicativo do TSE.
– De alguma forma, a Justiça Eleitoral incentivou o voto facultativo.
Destaque para a postura adotada após a apuração final pelos quatro candidatos.
Mario Hildebrandt e Adriano Silva com mensagens de união,
afirmando que a eleição acabou e que agora vão governar para todos os eleitores.
João Paulo Kleinubing e Darci de Matos, os derrotados, agradecendo
os votos, cumprimentando os eleitos e prometendo colaboração com a
nova gestão.
Manifestações que representam educação politica de nível com
efeito pedagógico.
Democracia é isso: os eleitos vão governar e aos vencidos cabe cobrar o cumprimento das promessas de campanha.